Fora de casa, o Santos-AP terá dificuldades para continuar na Copa Verde

0
1

Em uma partida bastante movimentada, com cinco gols marcados, o time de futebol profissional do Paysandu Sport Club derrotou o Santos-AP por 3 a 2, na noite desta quinta-feira (8), no Estádio Zerão, em Macapá, pelo confronto de ida da segunda fase da Copa Verde. Com o resultado, a equipe bicolor pode até perder por um gol de diferença (1 a 0 ou 2 a 1) na volta que ainda assim se classifica para a semifinal do torneio.

O jogo começou quente. Com apenas 44 segundos, o Papão largou logo na frente. Cassiano cruzou rasteiro da direita para Mike pegar de primeira e abrir o placar. A resposta dos donos da casa, no entanto, também foi rápida. Aos dois minutos, Jefferson Jari empatou, depois de um bate-rebate na área bicolor.

Ainda no primeiro tempo, Fábio Matos colocou o Papão à frente de novo. Aos 18 minutos, Maicon Silva cruzou da direita, Moisés ajeitou com o peito e Fábio Matos bateu colocado da entrada da área para fazer o segundo.

Na etapa final, o Santos do Amapá voltou a dar trabalho. Aos 21 minutos, depois de uma cobrança de escanteio, Lessandro desviou de cabeça para o meio da área e a bola sobrou para Jefferson Jari deixar tudo igual outra vez. Mas, aos 28, brilhou a estrela de Walter, que marcou o seu primeiro gol com a camisa bicolor. Maicon Silva levantou para a área, Cassiano escorou de cabeça e o atacante balançou as redes com tranquilidade.

Torcida bicolor compareceu em grande número ao Estádio Zerão

O duelo de volta da segunda fase da Copa Verde entre Paysandu e Santos-AP será na próxima quinta-feira (15), às 21h15, no Estádio da Curuzu. Antes, porém, os bicolores têm o clássico Re-Pa, neste domingo (11), às 16h, no Mangueirão, pela nona rodada do Campeonato Paraense.

FICHA TÉCNICA

Santos-AP 2×3 Paysandu

Data: 08/03/2018

Hora: 21h15

Local: Estádio Zerão, em Macapá (AP)

Renda e público: não divulgados

Árbitro: Jonathan Antero Silva (AC)

Assistentes: Adenilson de Souza Barros (AC) e Rener Santos de Carvalho (RO)

Cartões amarelos: Lessandro, Willian Fazendinha (S); Mateus Müller

Santos-AP: Axel; Diego Carajás (Daelson), Dedé, Preto Barcarena e Eduardo; Lessandro, Denílson (Almir Júnior), Jefferson Jari e Willian Fazendinha; Bruno Lopes e Jean Marabaixo (Erick). Técnico: Luciano Marba

Paysandu: Marcão; Maicon Silva, Perema, Diego Ivo e Mateus Müller; Nando Carandina, Willyam (Cáceres) e Fábio Matos (Danilo Pires); Moisés, Mike (Walter) e Cassiano. Técnico: Dado Cavalcanti.

Texto: Jorge Luís Totti

Deixar uma resposta

Por favor, inscreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui