GALERIA DE FOTOS: GEA entrega 231 unidades habitacionais aos beneficiários do Macapaba II

0
19
Os atendimentos foram organizados por condomínio e horários para facilitar o acompanhamento aos beneficiários durantes a vistoria.

 Foto: Maksuel Martins/Secom
A autônoma Alcirene Vilhena foi com o marido e a filha caçula de 10 meses vistoriar a casa própria

O Governo do Estado do Amapá (GEA) entregou nesta sexta-feira, 13, as chaves de 231 unidades do Conjunto Habitacional Macapaba II, aos beneficiários do Programa Minha Casa Minha Vida. Entrega das chaves, assinatura de contrato, termos de doação e vistorias estão ocorrendo em um só momento, na Escola Estadual Antônio Munhoz, no Macapaba II, até às 18 horas.

Dentre os contemplados estão moradores de áreas de risco, mulheres chefes de família, idosos e pessoas com deficiência. E, ainda, vítimas do incêndio no Perpétuo Socorro e famílias que moraram próximo ao Canal do Jandiá; área do “Zeca Diabo”, no bairro Pedrinhas e no bairro Ipê.

A dona de casa Vitalina Coutinho Braga, 32 anos, grávida de 9 meses do seu terceiro filho, foi a primeira a fazer a vistoria no imóvel. Mesmo com dores, ela fez questão de comparecer na vistoria da sua casa própria. As lágrimas no rosto da beneficiária se misturavam com a emoção de ver um sonho se tornando realidade.

Atualmente, Vitalina vive com a família, no bairro Brasil Novo, Zona Norte de Macapá, e paga R$ 300 de aluguel. Ela é uma das moradoras que viviam às margens do Canal do Jandiá. “Queria tanto que meu irmão estivesse aqui para ver o tamanho da minha felicidade, em poder realizar duas conquistas ao mesmo tempo, o nascimento do meu bebê e o recebimento da minha casa própria. Agora, tenho um lugar digno para morar com meus filhos. Saio daqui com a certeza de que a nossa vida vai melhorar”, emocionou-se a moradora que perdeu o irmão há três anos.

Outra família contemplada foi a de Alcirene Vilhena Dias, 38 anos, do bairro Perpetuo Socorro. A autônoma é mãe de quatro filhos e compartilhou com o marido e a filha caçula de 10 meses, a alegria e a moção de conhecer a sua nova moradia. “Só em pensar que a partir desse momento, não vou mais precisar pagar aluguel, vejo que todos os esforços valeram a pena”, comemorou.

Alcirene contou sobre a luta de mais de 15 anos morando de aluguel. E tudo o que conseguia trabalhando como autônoma para pagar o aluguel era R$ 400, dinheiro que será economizado para pagar a prestação da nova casa. “Já tinha até perdido a esperança de um dia ser contemplada. Mas, hoje, finalmente estou realizada e posso dizer que tenho um lar, agradeço a Deus pela vitória em nossas vidas”, declarou.

Atendimentos

De acordo com a Secretária de Estado da Inclusão e Mobilização Social (Sims), Nazaré Farias, os atendimentos foram organizados por condomínio e horários para facilitar o acompanhamento aos beneficiários durantes a vistoria dos apartamentos.

“Esse momento é importante para que as pessoas façam a conferência e ter conhecimento da condição em que está recebendo o imóvel. Estamos aguardando até o final do dia, as pessoas que por algum motivo perderam o horário e que tiveram dificuldade para acessar a lista pela internet”, frisou Nazaré Farias.

Os atendimentos estão sendo realizados em grupos de 75 pessoas pela manhã e à tarde, conforme o cronograma de vistoria de beneficiários, divulgado na quinta-feira, 12, pela Sims. No cronograma, contém o número do condomínio, a quadra, o bloco e o número do apartamento, onde as famílias vão morar.

Após a assinatura dos contratos, os novos moradores têm trinta dias para fazer a mudança, quando deverá ser paga a primeira prestação do imóvel, através de boleto bancário emitido pela Caixa Econômica Federal (CEF), agente financiador do programa.

Ocupação irregular

As unidades habitacionais que estão ocupadas por pessoas de forma irregular, foram notificadas na quinta-feira, 12, a deixar os imóveis espontaneamente até o próximo domingo, 15. Se eles não saírem, a Justiça Federal vai proceder com uma ação de desocupação imediata e com força policial.

As listas com os nomes dos beneficiários com os endereços das novas moradias, estão disponíveis no mural da Sims, no bloco de secretarias do GEA, no centro de Macapá, e nos links abaixo para comparecimento nos respectivos horários:

Vistoria Macapaba II – 8h

Vistoria Macapaba II – 10h

Vistoria Macapaba II – 13h

Vistoria Macapaba II – 15h

GALERIA DE FOTOS

 Créditos:Maksuel Martins/Secom