GEA garante apoio financeiro de R$ 4,5 milhões às Apaes de quatro municípios – Correio Amapaense

GEA garante apoio financeiro de R$ 4,5 milhões às Apaes de quatro municípios

Recurso foi garantido através de Termo de Fomento, firmado entre a Seed e a instituição dos municípios de Macapá, Santana, Laranjal do Jari e Vitória do Jari.

 

 Foto: Erich Macias/Seed
Assinatura do Termo de Fomento ocorreu na Apae Macapá, nesta segunda-feira, 28

A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) da capital Macapá e municípios de Vitória do Jari, Laranjal do Jari e Santana receberam apoio financeiro de R$ 4,5 milhões do Governo do Estado do Amapá (GEA). O recurso foi garantido através da assinatura do Termo de Fomento, firmado entre a Secretaria de Estado da Educação (Seed) e a instituição, em solenidade na Apae Macapá, bairro Pacoval, na manhã desta segunda-feira, 28.

O montante será dividido em oito parcelas, a contar do mês de maio, garantindo, assim, o investimento para a contratação da equipe multidisciplinar educacional especializada em atender alunos com deficiência intelectual múltipla ou transtorno global de desenvolvimento, ao longo de 2018. O recurso subsidiará, ainda, a manutenção predial da instituição de ensino.

A rede da Apae do Estado conta com aproximadamente 1.200 estudantes e atendimentos, divididos em 715 em Macapá, 140 em Vitória do Jari, 205 em Laranjal do Jari e 125 em Santana. A funcionária pública Maria de Fátima Fernandes, 58 anos, tem uma filha que estuda na Apae Macapá há 17 anos. Ela vibrou com a assinatura do termo e reconhece a importância do trabalho desenvolvido na casa.

“A minha filha, Fatiane, acorda feliz para vir à Apae. Aqui, é como se fosse a segunda casa dela. Estou muito feliz com esse apoio financeiro, o qual ajudará a garantir a inclusão social das nossas famílias”, disse Maria de Fátima.

Em 2017, o Governo do Amapá repassou cerca de R$ 4 milhões para a rede, também através do Termo de Fomento, dividido em 8 parcelas. “Contribuir com o trabalho da Apae, significa garantir a inclusão social e o direito de assistência a dezenas de famílias, reforçando o compromisso com a educação”, considerou a secretária de Estado da Educação, Goreth Sousa.

A Apae desenvolve trabalho com crianças, jovens, adultos e idosos com deficiências múltiplas, físicas, intelectuais e Síndrome de Down. A maioria dos assistidos vive em situação de vulnerabilidade social.

“Esse recurso garante a funcionalidade de todas as unidades Apaes, desde a equipe multidisciplinar; com profissionais de educação especializada e de saúde, até a manutenção e revitalização dos prédios”, finalizou o presidente da Apae Macapá, Abel Mendes.

About the author

Related

JOIN THE DISCUSSION