GEA moderniza projeto e anuncia licitação para retomar obra do PAC Congós – Correio Amapaense

GEA moderniza projeto e anuncia licitação para retomar obra do PAC Congós

Adequação no projeto permitirá que moradores do entorno sejam beneficiados com rede de esgoto, asfalto e água. Licitação está marcada para 25 de junho.

O Governo do Estado do Amapá (GEA) toma providências para retomada da construção do conjunto habitacional PAC Congós. A obra foi iniciada em 2011, mas paralisada em 2014. Recentemente, a Secretaria de Estado da Infraestrutura (Seinf) contratou uma empresa que fez levantamento, modernizou e concluiu o projeto. A abertura da licitação para execução dos serviços está marcada para 25 de junho. A empresa vencedora terá prazo de um ano para efetuar a tarefa.

O GEA é o responsável pela edificação do conjunto habitacional PAC Congós com a responsabilidade de utilizar R$ 10,5 milhões na obra, a título de contrapartida. O Ministério das Cidades, por sua vez, entrará com R$ 7,3 milhões. A somatória de R$ 17,8 milhões garantirá a primeira etapa das habitações no total de 160 unidades.

O projeto do PAC Congós é dividido em duas etapas, a primeira erigindo 160 unidades habitacionais, custeadas pelo GEA e Ministério das Cidades. A segunda etapa depende que a primeira seja concluída, e terá investimento direto do GEA para a conclusão de mais 120 moradias no valor de R$ 3,5 milhões.

Os moradores das unidades habitacionais serão amparados por drenagem pluvial, asfalto, saneamento básico, rede de abastecimento de água, energia elétrica, campo de futebol, quadra de vôlei, centro comunitário, playground e urbanização. As 247 famílias que moram ao redor do conjunto serão beneficiadas indiretamente com a rede de esgoto, asfalto e água.

Segundo o secretário de Estado da Infraestrutura, Alcir Matos, o Governo irá beneficiar 280 famílias que sairão da área de ressaca e terão melhoria na qualidade de vida. “A Seinf readequou e modernizou todo o projeto para que, não somente os futuros moradores do conjunto sejam beneficiados, mas também para que aqueles que moram próximo usufruam do saneamento básico e de toda a infraestrutura ali empreendidos”, anunciou.

About the author

Related

JOIN THE DISCUSSION