Excedentes do concurso da PM 2017 pedem apoio à Comissão de Segurança

0
1

Excedentes do concurso da PM 2017 pedem apoio à Comissão de Segurança Pública para integrarem cadastro reserva

01

Em sua primeira sessão do ano, realizada nesta quinta-feira (15), a Comissão de Segurança Pública (CSP) da Assembleia Legislativa do Amapá (Alap) ouviu representantes de um grupo de 218 candidatos excluídos da lista preliminar de aprovados no concurso público para ingresso na Polícia Militar do Amapá, realizado em 2017. Os candidatos Ismael Almeida e Tais explicaram aos deputados integrantes da comissão que, preliminarmente, foi divulgada uma lista contendo 1.418 candidatos considerados aprovados e aptos e, em seguida, foi divulgada a lista definitiva contendo apenas 1.200, conforme o contingente previsto no edital do concurso.

03A explicação é que, devido a empates nas notas dos candidatos que ocupavam a 1.200ª posição, novas redações tiveram que ser corrigidas gerando os excedentes. O deputado Charles Marques (PSDC) disse que a CSP está disposta a prestar o apoio necessário, no que for possível, mas “sem passar por cima da Lei”. Para ele, a situação precisa ser “Sistematizada e envolver diretamente a Procuradoria Geral do Estado, que examinará a possibilidade legal de incluí-los num cadastro reserva, visando o aproveitamento em casos de vacância ocorridos durante o processo de seleção”, defendeu.

Os deputados Jaci Amanajás (PV), Jory Oeiras (PRB) e Janete Tavares (PSC) concordaram com Marques e também hipotecaram solidariedade aos candidatos. Na mesma sessão, foram aprovados importantes requerimentos que pedem informações sobre questões envolvendo a segurança pública. O primeiro, do presidente da CSP, deputado Jory, solicita à Secretaria de Justiça e Segurança Pública, dados estatísticos sobre a violência por município. O objetivo é subsidiar a comissão na elaboração de políticas públicas voltadas ao setor
02O segundo requerimento, de autoria do deputado Jaci, pede informações atualizadas sobre as obras de infraestrutura da Segurança Pública, decorrentes de recursos oriundos de emenda orçamentária da bancada federal. No terceiro, o deputado Charles Marques requer informações atualizadas sobre a construção da nova penitenciária. E, por fim, no último documento aprovado, a deputada Janete Tavares requer informações acerca do número de candidatos desclassificados no último concurso público para a Polícia Militar, realizado no ano passado

Durante a sessão, foi anunciado que está em fase de elaboração um calendário de atividades da CSP para o ano de 2018, contemplando viagens ao interior do estado para verificação do andamento das providências solicitadas aos órgãos públicos, decorrentes das viagens feitas em 2017.

AGÊNCIA DE NOTÍCIAS – Alap
Texto: Paulo Oliveira – Reg. Prof. 572 – DRT/PA
Fotos: Jaciguara Cruz

Deixar uma resposta

Por favor, inscreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui