Governo apresenta ao TRE plano integrado de segurança pública para as Eleições 2018 – Correio Amapaense

Governo apresenta ao TRE plano integrado de segurança pública para as Eleições 2018

Serão empregados cerca de 1,4 mil servidores em ações como o transporte de urnas, policiamento nos locais de votação e fiscalização de crimes eleitorais.

 

 Foto: TRE/AP
Plano foi apresentado pelo secretário de Estado da Justiça e Segurança Pública, Carlos Souza

O Governo do Estado do Amapá (GEA) apresentou nesta quinta-feira, 21, ao presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Amapá (TRE/AP), desembargador Manoel Brito, a prévia do plano integrado dos órgãos de segurança pública para as Eleições 2018, que ocorrem em outubro deste ano. A apresentação foi feita pelo secretário de Estado da Justiça e Segurança Pública (Sejusp), Carlos Souza, e contou com a presença de todos os órgãos de segurança pública do Amapá.

O titular da Sejusp destacou que esta é a primeira vez na história do Amapá que a Justiça Eleitoral recebe um plano integrado, onde estão descritas as ações que serão executadas num pleito eleitoral por órgãos como a Polícia Militar (PM/AP), Instituto de Administração Penitenciária (Iapen), Corpo de Bombeiros Militar (CBM/AP), Polícia Técnico-Científica (Politec), Polícia Civil e Grupo Tático Aéreo (GTA).

“Queremos, com isso, assegurar o equilíbrio do pleito eleitoral. Essa é a palavra de ordem: equilíbrio. Anteriormente, tínhamos um planejamento fragmentando, com os órgãos atuando de forma isolada. Agora, decidimos integrar as ações de segurança pública para que possamos falar uma mesma linguagem”, argumentou Carlos Souza. O secretário lembrou que esse aumento no efetivo será feito por servidores que estão em suas folgas. O patrulhamento ordinário da PM/AP, por exemplo, será mantido. “Significa que teremos um acréscimo nas forças de segurança”, acrescentou.

O presidente do TRE/AP, desembargador Manoel Brito, reconheceu a importância do plano afirmando que, nas próximas semanas, receberá um representante do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), para quem esse planejamento será detalhado em um evento de apresentação que contará com a presença de toda a imprensa.

O planejamento do Governo do Amapá para as Eleições 2018 aponta o emprego de 1,4 mil integrantes das forças de segurança pública que atuarão em ações como o transporte de urnas eletrônicas na capital e interior; segurança de locais de votação e arredores, a exemplo do Iapen, além da fiscalização para coibir qualquer tipo de crime eleitoral.

No total, de acordo com informações do Tribunal Regional Eleitoral do Amapá, serão disponibilizados aos eleitores 347 locais de votação, sendo a maioria deles na capital, com 107.

About the author

Related