Governo capacita produtores rurais contemplados com máquinas agrícolas

0
18
Técnicos do Rurap foram até à comunidade de São Pedro dos Bois, formar novos operadores de máquinas, em parceria com o Senar.
Por: Da Redação .Colaboradores: Iracilda Tavares

 Foto: Rurap
Foram treinados 12 produtores das comunidades de São Pedro dos Bois, Ambé e Mel da Pedreira

O Governo do Amapá encerrou nesta sexta-feira, 2, um curso de mecanização agrícola para produtores rurais das comunidades de São Pedro dos Bois, Ambé e Mel da Pedreira. As três regiões foram contempladas com quatro maquinas agrícolas em dezembro do ano passado e, para que sejam utilizadas, foi necessário capacitar a mão de obra que vai operá-las.

Iniciado na segunda-feira, 26, o curso teve duração de cinco dias e ocorreu na comunidade de São Pedro dos Bois, a 70 quilômetros da capital Macapá. Ele foi ministrado por técnicos do Instituto de Desenvolvimento Rural (Rurap) em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar).

Foram treinados, 12 trabalhadores rurais, sendo 10 homens e duas mulheres que, agora, poderão trabalhar como operadores de máquinas. Eles aprenderam como fazer a manutenção e operar equipamentos como trator, carreta, grade aradora, distribuidor de calcário e adubo. Os participantes também adquiriram conhecimentos sobre o preparo do solo, manuseio dos materiais e prática de melhoramento da produção.

Um dos participantes foi o agricultor Edson Mira de Souza, que não pensou duas vezes em fazer o curso, ao saber que não precisaria sair da área rural para se qualificar. “Há muito tempo queria ser operador de máquinas, mas tinha dificuldade de ir pra Macapá fazer o curso. Aproveitei essa oportunidade de crescer profissionalmente e, aumentar o rendimento da produção”, evidenciou.

Incentivo

Segundo informou o coordenador de técnicas agrícolas do Rurap, Hidelberto Pinto, as máquinas foram obtidas por meio de convênio entre o Executivo amapaense e o governo federal, através do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), no valor de R$ 193,3 mil de emenda parlamentar.

“Ao invés de pagar aluguel, o governo entregou as máquinas para essas comunidades que, beneficiam cerca de 300 famílias com serviço de limpeza de área, preparo do solo e distribuição de insumos agrícolas”, explicou Hidelberto Pinto. Ele disse que, com a produção mecanizada, os agricultores poderão aumentar a área plantada, o tempo de trabalho será menor e, consequentemente, terão maior cultivo.

Certificado

A qualificação oferece certificado de conclusão emitido pelo Senar. Caso o participante possua Carteira Nacional de Habilitação (CNH), o documento é encaminhado ao Departamento Estadual de Trânsito (Detran/AP), para que seja incluída a categoria de operador de máquinas.