Governo do Amapá recebe 20 mil unidades de álcool gel para reforçar combate à covid-19

Frutos de parceria com a L’oréal Brasil, os produtos serão encaminhados a aldeias indígenas, profissionais de saúde e população vulnerável.
Por: Ailton Leite

 

 Foto: Arquivo Secom
O Estado vai garantir apoio necessário para o deslocamento das doações até as comunidades que necessitarem desse suporte

O Governo do Amapá recebeu na última segunda-feira, 25, uma carga de 20 mil unidades de 400ml de álcool gel a 70% – item que se tornou indispensável para prevenir a covid-19. Uma parceria entre Estado e multinacional L’oréal Brasil garantiu o reforço que será encaminhado à aldeias indígenas, ao Sistema Único de Saúde (SUS) e pessoas em vulnerabilidade social.

O álcool 70% foi produzido na fábrica da empresa de cosméticos, em São Paulo, com objetivo de serem entregues gratuitamente a hospitais públicos e comunidades tradicionais.

Dos 20 mil frascos recebidos no Amapá, o Governo do Estado vai encaminhar 10 mil para unidades de saúde e 3 mil para áreas indígenas. Os demais insumos, serão destinados a populações vulneráveis. Uma articulação do senador Randolfe Rodrigues, para o projeto “Amapá Solidário”, assegurou a entrega dos produtos.

O Estado vai garantir apoio necessário para o deslocamento dos frascos até as comunidades mais longínquas que necessitarem desse suporte.

Povos indígenas

De acordo com o secretário de Estado de planejamento, Eduardo Tavares, nesta terça-feira, 26, em uma reunião por videoconferência com a Secretaria de Estado dos Povos Indígenas (Sepi), ficou definido que algumas áreas indígenas devem receber os produtos ainda nesta semana.

Para isso, o Governo Amapá está trabalhando junto à Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai)e à Fundação Nacional do Índio (Funai).

“A aldeia Cumaru, em Oiapoque, deverá ser a primeira a receber os frascos de álcool gel”, explicou o secretário.

Saúde

Ele ressaltou que a Secretaria de Estado da Saúde (Sesa), deverá repassar os 10 mil frascos de álccol gel de 400 ml para as unidades de saúde que estão atuando diretamente no combate à Covid-19.

Pessoas em vulnerabilidade

As demais 7 mil unidades deverão ser entregues em ações sociais da campanha Amapá Solidário. O Estado ofereceu apoio à campanha através da Secretaria de Inclusão e Mobilização Social (Sims)

About the author

Related

JOIN THE DISCUSSION