Governo estabelece diálogo com Sindicato dos Urbanitários

0
22
O Estado tem recebido as sugestões dos sindicalistas e os documentos que subsidiam as soluções para a transposição dos servidores da CEA.

 

A equipe de governo está em diálogo permanente com os sindicalistas para que as soluções sejam dadas de forma segura e tranquila.

O Governo do Estado do Amapá (GEA) está construindo alternativas junto com o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias Urbanas do Estado (Stiuap), para a transposição dos servidores pela Emenda Constitucional (EC) 55/2017 – gerada a partir de iniciativa do GEA e aprovada por unanimidade pela Assembleia Legislativa (Alap). A equipe de governo está em diálogo permanente com os sindicalistas para que as soluções sejam dadas de forma segura e tranquila.

O Estado tem recebido as sugestões do sindicato e os documentos que subsidiam as soluções necessárias e as orientações, para que que os técnicos do governo informem aos interessados, sobre a importância de aguardar o desfecho dos encaminhamentos.

O GEA vinha atuando em duas frentes para garantir o emprego dos servidores da Companhia de Eletricidade do Amapá (CEA), ameaçados de demissão com a privatização da estatal. Uma era a articulação em Brasília (DF) pela aprovação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 199/2016, na Câmara dos Deputados, que originou a Emenda Constitucional (EC) 98. A outra, era a PEC 001/2017 de autoria do GEA para absorver os servidores, a qual deu origem à EC 55/2017.

As duas propostas abrem possibilidade para manter os trabalhadores no quadro da CEA. Mas, existem os trâmites burocráticos para se chegar à efetiva solução.