Governo inicia ajuda humanitária às famílias atingidas por inundação no sul do Amapá

0
2
Grande volume de chuvas nos últimos dias ocasionou a cheia do Rio Cajari, atingindo e isolando 57 famílias de 12 comunidades da região.
Por: Joyce Batista

 

 Foto: Maksuel Martins/Secom
Alimentos, colchões, lençóis e redes foram enviadas nesta sexta-feira, 24, para Laranjal do Jari.

O Governo do Amapá enviou nesta sexta-feira, 24, mantimentos que incluem, São 200 cestas básicas, além de colchões, lençóis e redes, para 57 famílias atingidas por inundação causada pela cheia do Rio Cajari, na região do sul do estado.

No sábado, 25, em Laranjal do Jari, os mantimentos começarão a ser entregues às vítimas pelo Corpo de Bombeiros (CBM/AP), Defesa Civil e Secretaria de Inclusão e Mobilização Social (Sims).

A ação humanitária atenderá moradores de 12 comunidades da região, que estão desabrigados. A elevação do rio comprometeu casas, veículos e outros patrimônios. Essa cheia foi registrada na quinta-feira, 23.

“O Estado presta socorro às famílias que passam por essa situação. Além dessa ajuda inicial, faremos um estudo social para que novas necessidades dos moradores sejam identificadas”, disse a titular da Sims, Albanize Colares.

De acordo com o subcomandante do Corpo de Bombeiros Militar, coronel Janary Picanço, tanto a cheia do rio quanto a população da região estão sendo monitoradas pelas equipes da Segurança.

Além disso, o subcomandante explica que outros municípios com risco de elevações também estão sendo acompanhados. Ele considera essa situação como “período crítico de cheias no Amapá”.

“Em todos os anos, a partir de março, monitoramos as principais bacias hidrográficas. Fomos surpreendidos na região do Rio Cajari, pois em um dia só houve um grande volume de chuvas, ocasionado a cheia de forma muito rápida”, disse.

Chuvas no Amapá

O Núcleo de Hidrometeorologia e Energias Renováveis do Instituto de Pesquisas Científicas e Tecnológicas do Amapá (NHMET/Iepa), nos primeiros 15 dias do de abril foi registrada a média de 225 milímetros de chuvas no estado, cerca de 60% da quantidade esperada para todo mês. A previsão é de que as chuvas cheguem a 400 milímetros até o fim de abril.

Deixar uma resposta

Por favor, inscreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui