Governo leva atendimentos à população do Bailique em ação conjunta com a Marinha – Correio Amapaense

Governo leva atendimentos à população do Bailique em ação conjunta com a Marinha

De 15 a 18 de junho as comunidades do arquipélago terão acesso a serviços de saúde, emissão de documentos, orientações jurídicas e rodadas de palestras.

 

 Foto: Marcio Pinheiro/Secom
O navio Auxiliar Pará ficará ancorado na Vila Progresso e será a base para os atendimentos médicos na ação Rios de Cidadania

O Governo do Estado do Amapá (GEA) mais uma vez é parceiro da ação “Rios de Cidadania” da Marinha do Brasil. Este ano, os serviços de saúde, jurídico e de cidadania chegam ao Arquipélago do Bailique, distante 200 quilômetros da capital, a partir desta sexta-feira, 15 e serão prestados até segunda-feira, 18.

Na área da saúde, o navio Auxiliar Pará ficará ancorado na Vila Progresso e será a base para os atendimentos médicos. A ação conjunta dará acesso gratuito a serviços como aferição de pressão arterial, teste de glicemia, testagem rápida, consultas médicas e odontológicas, palestras preventivas e educativas, entre outros.

A Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) disponibilizou técnicos em radiologia e um especialista em citopatologia que darão suporte na realização de exames como a mamografia e o Preventivo do Câncer de Colo do Útero (PCCU), também conhecimento como Papanicolau.

A equipe do Sistema Integrado de Atendimento ao Cidadão (Siac) vai garantir a emissão da 1ª e 2ª via da Carteira de Identidade, do cartão do Sistema Único de Saúde (SUS) e Cadastro de Pessoa Física (CPF). Já a Defensoria Pública do Estado do Amapá (Defenap) fará assessoria jurídica com atendimento em ações de modificação de guarda, pedido de pensão alimentícia, conflitos de terra, criminal e outros.

A “Rios de Cidadania” é uma ação que leva à população das comunidades do Arquipélago do Bailique, atendimentos na área da saúde, emissão de documentos, orientações jurídicas e rodadas de palestras. E também tem como parceiros a Justiça Federal, Ministério Público Federal (MPF/AP), Defensoria Pública da União (DPU), Tribunal de Justiça do Amapá (Tjap), Ministério Público do Estado (PM/AP) e Prefeitura de Macapá.

About the author

Related

JOIN THE DISCUSSION