Governo prepara novo envio de ajuda humanitária para Laranjal do Jari

0
3
São mais de mil famílias afetadas pela enchente do Rio Jari, que aguardam a chegada de mais ajuda humanitária.

 

 Foto: Maksuel Martins / Secom
Kits de ajuda humanitária chegaram nesta sexta-feira ao quartel do Corpo de Bombeiros. Envio a Laranjal será feito na próxima semana

O Governo do Estado do Amapá (GEA) recebeu nesta sexta-feira, 22, mais kits de ajuda humanitária para o município de Laranjal do Jari, que está em situação de emergência por conta da elevação do nível do Rio Jari. Cerca de 1.060 famílias aguardam pela chegada dos oito tipos de kits, enviados pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil do Ministério da Integração Nacional.

A entrega foi feita no Quartel do Comando-Geral do Corpo de Bombeiros Militar do Amapá (CMB/AP), que vai enviar na próxima segunda-feira, 25, pela Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil (Cedec), os materiais que vão atender mais de 4 mil pessoas afetadas.

Esse é o segundo lote para atender as vítimas que foram afetadas em maio deste ano. São 1.060 cestas básicas; 1.139 kits de limpeza; 1.139 kits de higiene pessoal; 177 kits para idosos; 177 kits infantis; 2.138 kits de dormitório com 2.138 colchões e mais 22.770 unidades de garrafas de água mineral.

O capitão do CBM/AP, Éder Prado, reforça como vai ser feito o procedimento de entrega desse material. “Vamos levar essa ajuda humanitária na segunda-feira para entregar. Já temos a relação das famílias que foram atingidas, e agora vamos, fazer a distribuição próximo aos pontos, principalmente no bairro Santarém”, ressalta o militar.

Em Laranjal do Jari, no mês de abril, o nível do Rio Jari chegou a 2,40m. Já em maio, a elevação bateu a casa dos 2,76m. Diante do cenário, o governador Waldez Góes autorizou o repasse de recursos à Prefeitura de Laranjal do Jari e solicitou, junto ao governo federal, ajuda humanitária para as vítimas.

Rodrigo Linvingan, da Divisão de Gerenciamento de Riscos e Desastres, do Ministério da Integração Nacional, afirma que a logística está acontecendo de forma normal para a entrega da ajuda humanitária. “Os oito tipos de kits, enviados pela Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil, foram desembarcados tranquilamente e agora resta fazer o transporte para a localidade e distribuir para as famílias que realmente necessitam”, explicou Linvingan.

A equipe que fará o transporte da ajuda humanitária será composta por oito militares da Defesa Civil Estadual, com o apoio da Defesa Civil Municipal de Laranjal do Jari. Serão dois caminhões e duas balsas envolvidos no transporte até a localidade.

Kits de ajuda humanitária

A cesta básica contém arroz, feijão, óleo vegetal, macarrão, açúcar, leite em pó, sardinha em óleo, sal, café, biscoito, farinha de mandioca e flocos de milho.

O kit idoso é composto por fraldas geriátricas e pomada preventiva de assaduras. Assim como os kits infantis, que contém fraldas infantis e pomada preventiva de assaduras, sendo entregue um kit para cada idoso e criança, que dura até dez dias.

Os kits de higiene pessoal contêm sabonetes, escovas, fio dental, creme dental, toalha de banho, papel higiênico, absorvente higiênico, desodorante antitranspirante. Os kits dormitórios possuem lençol, cobertor, travesseiro e fronha.

Os kits de limpeza são compostos por vassoura, rodo, balde, sabão em pó, pá de limpeza, sabão em barra, bucha de limpeza, esponja de aço, luvas e pano de chão.

GALERIA DE FOTOS
 Créditos:Maksuel Martins / Secom