Greve dos entregadores de app mobiliza atos por todo o Brasil

0
99
Protesto dos entregadores em Campinas (SP) – Foto: Denny Cesare/Código 19/Folhapress

A greve não tem uma liderança unificada e a previsão é que a manifestação ocorra em vários estados do Brasil. As manifestações foram organizadas pelas redes sociais e em grupos no Whatsapp. A página do Instagram “Treta no Trampo”, que apoia e divulga os atos dos entregadores, publicou uma postagem com o horário e o local das manifestações que ocorrerão nesta quarta-feira. 

Entre as capitais que farão parte das manifestações estão: São Paulo, Recife, Brasília, Rio de Janeiro, Salvador e Fortaleza.

Entregadores que utilizam os aplicativos de entrega realizam nesta quarta-feira (1) na Torre do Castelo, em Campinas, interior de São Paulo protesto. A categoria pede melhores condições de trabalho durante o período da pandemia do novo coronavírus.

Os trabalhadores reivindicam um aumento no pagamento das corridas e da taxa mínima das entregas, seguro de vida, cobertura contra roubos e acidentes, além de um voucher para compra de equipamentos de proteção individual. Também está previsto um protesto que partirá da Ponte Estaiada e chegará às 14h no Masp, na avenida Paulista.

No Distrito Federal, em Brasília, o movimento deve partir às 9h do estacionamento do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e seguir por alguns pontos, como a Esplanada dos Ministérios. Existe a expectativa que a greve se estenda para outros países. Entregadores estimam que movimentos em outros países da América Latina devem se juntar à paralisação. Trabalhadores de Argentina, Chile, Costa Rica. México, Equador, entre outros, devem aderir ao movimento.

Por Folha de Pernambuco com informações da Folhapress

Deixar uma resposta

Por favor, inscreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui