GTA resgata vítimas de acidente com ônibus na BR 156

0
1

Mulher de 28 anos, com suspeita de fratura na coluna cervical, e homem, de 51, com suspeita de fratura na cabeça e clavícula, foram os resgatados.
Por: Elden Carlos de Melo
Foto: GTA
Operação de socorro a uma das vítimas feridas no acidente
Um ônibus da empresa AmapaTur, que faz a linha Macapá/Laranjal do Jari, tombou na manhã desta segunda-feira, 21, no trecho sul da BR 156, com aproximadamente 40 passageiros. Segundo o Grupo Tático Aéreo (GTA), o acidente ocorreu pouco antes das 6h, mas o pedido de resgate só foi feito ao Centro Integrado em Operações da Defesa Social (Ciodes) por volta das 7 horas.

“A região onde foi registrado o tombamento do veículo é isolada e sem cobertura de telefonia móvel. Os passageiros relataram que um motorista que passava pela estrada seguiu até a sede da Vila Maracá, onde conseguiu contato com o Ciodes. Recebemos o primeiro alerta, mas tivemos que aguardar para saber se haveria necessidade de deslocamento para socorrer possíveis casos mais graves. Assim que ficou constatado que duas pessoas precisavam do socorro aeromédico, decolamos a aeronave”, disse o policial civil e copiloto Alan Freitas, do GTA.

O resgate seguiu os protocolos de segurança. As vítimas, identificadas como Eurico da Silva Nunes, de 51 anos, e Rayanna Lima, de 28, foram transportadas para o Hospital de Emergência de Macapá (HE), onde uma equipe médica já estava de prontidão para recebê-las.

“A mulher estava com suspeita de fratura na coluna cervical e clavícula. O paciente do sexo masculino apresentava suspeita de fratura na cabeça e clavícula. Eles foram imobilizados e receberam os primeiros atendimentos ainda no local”, concluiu Alan Freitas.

O Estado também deslocou resgate terrestre (ambulância) e a Polícia Militar (PM) ao local. As causas do acidente serão apuradas. O tempo de voo de Macapá para o local da ocorrência foi de aproximadamente 30 minutos.

GALERIA DE FOTOS

Créditos:
GTA