Iniciação científica estimula alunos da educação básica a desenvolverem pesquisas no Amapá – Correio Amapaense

Iniciação científica estimula alunos da educação básica a desenvolverem pesquisas no Amapá

Orientadores e alunos contemplados no edital da Rede Ciências assinaram, na manhã desta quinta-feira, 21, os termos de compromisso.

 Foto: Rafael Aleixo
Luana e Cauã são alunos da Escola Santina Rioli e tiveram seus projetos financiados pela Fapeap

Leandro Cauã tem 13 anos e trabalha há alguns meses em um projeto de inclusão socioeducativo na Escola Estadual Irmã Santina Rioli, em Macapá. Ele, juntamente com outros nove alunos da educação básica, assinaram na manhã dessa quinta-feira, 21, os termos de compromisso do edital da Rede Ciências.

O projeto de Cauã trata sobre a reciclagem de resíduos sólidos no canal do bairro do Beirol, na capital. O aluno e sua orientadora, a professora Ana Cristina, trabalham com os resíduos para a produção de materiais alternativos para auxiliar deficientes visuais na aprendizagem de química, física e matemática em escolas amapaenses.

Cursando a 8ª série do ensino fundamental, o aluno diz que a bolsa vai ampliar o alcance da pesquisa. “Eu vou fazer novas pesquisas pra ajudar o projeto e fazer novas evoluções também”, enfatiza Cauã.

Luana Raiol, 14 anos, está no 9º ano e também teve o projeto aprovado no edital. Ela explica como o incentivo financeiro deve melhorar o seu trabalho. “Meu projeto trata de análises químicas da farinha produzida a partir do caroço da manga. O desenvolvimento dele tem um custeio um pouco alto e esse dinheiro vai ajudar bastante”, ressalta a estudante.

O projeto de Luana, orientado pelo professor Aldenir Melo, já foi premiado em uma feira científica no estado do Pará, no fim de 2017.

A professora Mary Bucher, da Escola Nilton Balieiro, bairro Marabaixo, orienta o aluno João Lucas e vai aperfeiçoar a pesquisa que já está em andamento. “Nossa pesquisa é na área de biologia e trabalha com análises de anfíbios no Estado”, destaca a orientadora.

Cada projeto recebeu o valor de R$ 5 mil, mais bolsas mensais para os alunos como forma de incentivo à prática da iniciação científica. O edital foi organizado pela Fundação de Apoio e Amparo à Pesquisa do Amapá (Fapeap).

Para a diretora-presidente da Fundação, Mary Guedes, o edital vem apoiar pesquisas já existentes nas escolas e incentivar a criação de novas na rede de ensino do Amapá. “Em breve lançaremos uma nova chamada com mais bolsas de pesquisas para projetos do ensino básico”, afirmou a diretora.

O evento também contou com a participação do secretário de Estado do Desenvolvimento Rural, Robério Aleixo; do reitor da Universidade do Estado do Amapá (Ueap), Perseu Aparício; da secretária adjunta de Políticas da Educação da Secretaria de Estado da Educação (Seed), Marciane do Espírito Santo; da diretora da Escola Santina Rioli, Elenita Rubin Rubert; e do representante da Universidade Federal do Amapá (Unifap), o professor Rafael Pontes.

GALERIA DE FOTOS
NOTÍCIAS RELACIONADAS

About the author

Related