INTERNAUTA QUE SE VALIA DE PERFIL FALSO PARA ENVIAR MENSAGENS DE CONOTAÇÃO DISCRIMINATÓRIA É INDICIADA PELA POLÍCIA CIVIL

0
169
Por: Assessoria de Comunicação

 

 Foto: Polícia Civil

A Polícia Civil do Estado do Amapá, por meio da 6ª Delegacia de Polícia da capital, indiciou na data de hoje uma mulher de 23 anos de idade pelo crime de injúria racial.

Segundo foi apurado pelas investigações, a suspeita se valia de um perfil falso do sexo masculino vinculado à rede social Facebook para proferir as ofensas na internet, estando na cidade de Porto Alegre, Estado do Rio Grande do Sul.

A vítima, uma mulher amapaense de 30 anos de idade e de cor negra, procurou a Polícia Civil para registrar o Boletim de Ocorrência.

Através de dados telemáticos enviados pelo Law Enforcement Team da empresa Facebook foi possível obter as informações de acesso da conexão da internet, viabilizando a identificação da ofensora.

A pena para o crime de injúria racial é de reclusão de 01 (um) a 03 (três) anos e multa.