Kit Merenda em Casa volta a beneficiar 120 mil alunos e inclui cerca de 3 mil novos matriculados

0
17
Nova etapa de entrega do benefício será a partir de 18 de maio. São R$ 6,2 milhões de investimentos do Tesouro do Estado.

 

 Foto: Erick Macias/Seed
Medida é para ajudar famílias de alunos matriculados na rede estadual de ensino.

Na segunda etapa do Kit Merenda em Casa, o Governo do Amapá anunciou que fará a entrega do benefício para cerca de 123 mil estudantes, entre os que já foram beneficiados e também novos matriculados na rede estadual de ensino.

De acordo com a Secretária de Estado da Educação (Seed), as entregas dos alimentos perecíveis e também não perecíveis iniciam a partir do 18 de maio. Foram utilizados R$ 6,2 milhões do Tesouro do Estado para a compra dos itens.

A primeira meta estipulada pela pasta foi atender 120 mil alunos, mas um novo levantamento mostrou que houve crescimento no número de matriculados, assim o benefício foi ampliado para atender a todos.

“Diante ao aumento no número de alunos em comparação ao ano passado, quase 123 mil kits foram entregues. Agora, a expectativa é bater essa nova meta”, disse a secretária adjunta da Seed, Keuli Baia.

 

Cada gestor escolas ficará responsável por divulgar o cronograma de entregas na página oficial da Seed nas redes sociais, assim como também a aquisição e logística de entrega dos alimentos.

Os gestores vão entrar em contato com os pais ou responsáveis de alunos que não foram buscar os kits merenda dos filhos. As escolas rurais e de difícil acesso possuirão um cronograma estendido.

Para famílias que possuem dois ou mais matriculados na rede estadual, o benefício também será fornecido a cada um desses alunos. Os kits são para uso específico do estudante e não podem ser repassados.

Kit Merenda em Casa

O Kit Merenda em Casa foi montado pelo Núcleo de Alimentação Escolar da Secretaria de Estado da Educação (NAE/Seed), sob orientação do Conselho de Alimentação Escolar. Cada kit será composto por:

  • Açúcar (1 kg)
  • Arroz (2 kg)
  • Feijão (1kg)
  • Óleo (900 ml)
  • Macarrão (500 g)
  • Sardinha (4 latas)
  • Leite em pó integral (400 g)
  • Biscoito doce (400 g)
  • Biscoito Salgado (400 g)
  • Farinha de Tapioca (500 g)
  • Flocos de milho (1 pacote)

Durante a aquisição dos itens, a Seed destaca que a escola precisará atentar para algumas observações. O “leite em pó integral” não poderá ser substituído por “composto lácteo”.

Outro item, como a “sardinha em conserva” poderá ser substituída por feijão ou leite em pó integral. Sendo assim, para cada duas latas desse produto podem ser trocadas por um quilo de feijão ou 400 gramas de leite em pó integral.

Kit Pedagógico

Durante a distribuição dos alimos, as escolas também estarão realizando a entrega dos kits pedagógicos com atividades que podem ser feitas em casa. A novidade é uma das estratégias implementadas pela Seed para manter o ensino mesmo com a suspensão das aulas devido à pandemia.

O material é composto por cadernos de atividades e organizado pelas escolas de acordo com o projeto pedagógico, buscando atender, principalmente, os estudantes dos ensinos fundamental e médio que não contam com acesso aos meios tecnológicos ou residem em áreas de difícil acesso.

GALERIA DE FOTOS
 Créditos:Erick Macias/Seed

Por: Valdeí Balieiro