Kits de ferramentas e sementes para 11 escolas estaduais que fazem parte do projeto Escola Verde

0
1

Kits de ferramentas e sementes vão ajudar estudantes no cultivo de hortas escolares

Ação atendeu 11 escolas estaduais que fazem parte do projeto Escola Verde; Material foi adquirido por meio de parceria entre Seed e Prodemac.
Por: Caroline Mesquita

 Foto: Erich Macias
Escolas receberam carrinho de mão, ancinho, enxada, enxadão, mangueira de jardim e pacotes de sementes

Com o objetivo de motivar os alunos a terem novos hábitos com relação aos recursos naturais e instigar a conscientização e preservação ambiental, a Secretaria de Estado da Educação (Seed) e Promotoria de Justiça do Meio Ambiente, Conflitos Agrários, Habitação e Urbanismo da Comarca de Macapá (Prodemac) entregaram nesta quarta-feira, 21, kits de ferramentas a gestores de onze unidades educacionais para cultivo de horta escolar.

A iniciativa visa institucionalizar ações do projeto “Escola Verde: horta escolar e empreendedorismo sustentável” nas escolas públicas da rede estadual, a fim de torná-las centros difusores de práticas de educação ambiental junto às famílias e comunidades. As escolas receberam carrinho de mão, ancinho, enxada, enxadão, mangueira de jardim e pacotes de sementes.

Os materiais foram adquiridos por meio do termo de cooperação entre Seed e Prodemac, com os recursos de Termos de Ajustamento de Conduta Ambiental e multas civis que são fruto de infrações que prejudicam o meio ambiente. As escolas beneficiadas são: Deuzuite Cavalcante, Fagundes Varela (Mazagão), Risalva Freitas do Amaral, Jesus de Nazaré, José Bonifácio, José de Alencar, José do Patrocínio, José Firmo do Nascimento, Mario Andreazza, Gabriel de Almeida Café, o Centro Integrado de Formação Profissional em Pesca e Aquicultura do Amapá. A instituição Cáritas Diocesana de Macapá também recebeu um kit de ferramentas.

A secretária de Estado da Educação, Goreth Sousa, ressaltou que o projeto Escola Verde desperta nos alunos a sensibilização ambiental, além de auxiliar na promoção da saúde e paz nas escolas. “A importância da educação ambiental é inquestionável. O projeto Escola Verde vem somar com o Programa Educação para a Paz, pois o cultivo alivia o estresse do cotidiano e também melhora o humor, e os alunos ainda ganham uma alimentação saudável”, pontua.

O projeto também busca capacitar alunos, professores e comunidades na identificação, plantio e manejo de hortaliças, plantas medicinais e ornamentais. Além de incluir a produção de hortaliças na merenda como estratégia para uma alimentação mais saudável e sustentável, e reaproveitar resíduos orgânicos da cidade e da escola.

O promotor de justiça Saullo Andrade, da Prodemac, reforçou o compromisso e interesse da instituição em firmar mais parcerias que desenvolvem a cultura ambiental nos ambientes de ensino. “Quem aprende a cultura ambiental nas escolas, leva esse conhecimento para o resto da vida. Queremos continuar este trabalho que conscientiza e previne crimes de meio ambiente”.

No evento, a professora Nelma Aood, da escola José de Alencar, ofereceu sucos e alimentos preparados com a produção da horta escolar de sua unidade educacional. “A nossa horta escolar nos possibilita complementar a merenda escolar nos três turnos de aulas, tornando a alimentação saudável e gostosa, como essas que estamos oferecendo. Com os materiais adquiridos, queremos produzir muito mais”, destacou.

Deixar uma resposta

Por favor, inscreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui