LAMENTÁVEL: Justiça revogou a prisão em flagrante dos funcionários do Hospital de Emergência – Correio Amapaense

LAMENTÁVEL: Justiça revogou a prisão em flagrante dos funcionários do Hospital de Emergência

Na manhã desta sexta-feira (23) Após audiência de custódia, o juiz Rogério Funfas  determinou medidas restritivas aos técnicos de enfermagem que usavam o sofrimento alheio para extorquir, chegando a  pedir R$ 1,2 mil a um paciente do Hospital de Emergência , eles terão que comparecer mensalmente à Justiça,e estão  proibição de deixar a capital por mais de três dias e recolhimento. A Justiça revogou a prisão em flagrante dos funcionários do Hospital de Emergência (HE) de Macapá , além de dinheiro eles queriam  sexo para facilitar a marcação de cirurgias ortopédicas. Os 2 técnicos de enfermagem, vão responder pelo crime em liberdade, mas seguem afastados das funções,Lamentável.

About the author

Related

JOIN THE DISCUSSION