Mais de 90% de animais expostos são vendidos em três dias na 1ª ExpoBúfalo – Correio Amapaense

Mais de 90% de animais expostos são vendidos em três dias na 1ª ExpoBúfalo

Preços variam de R$ 4 a R$ 8 mil, de acordo com a procedência, qualidade, raça, genética, postura, tamanha, registro e idade do búfalo.

 

 Foto: Erich Macias/Secom
Erivelton Aranha, 27 anos, comprou 15 animais na ExpoBúfalo para aumentar o rebanho que possui em Mazagão

A 1ª ExpoBúfalo do Amapá oferece cerca de 90 cabeças de bubalinos de cinco produtores do Amapá, uma ótima oportunidade de negócio para pecuaristas que desejam aumentar o rebanho de búfalos. A comercialização dos animais ocorre no Parque de Exposições da Fazendinha, em Macapá.

De acordo com o médico veterinário, da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural (SDR), Morgenes Moutinho, estão presente na exposição cerca de 90 animais de várias regiões do Amapá. Segundo ele, são animais de qualidade e de genética melhorada.

Mais de 50 cabeças de búfalos foram comercializadas até o momento.  Os preços dos animais variam de R$ 4 a R$ 8 mil, de acordo com a procedência dos animais, qualidade, raça, genética, postura, tamanha, registro e a idade.

Moutinho enfatiza, que a intenção da primeira ExpoBufálo é trazer para a feira, somente animais do Amapá, e possibilitar aos produtores uma oportunidade de adquirirem conhecimento técnicos e oportunidade de negócio. Ele disse que, 90% dos animais expostos já foram vendidos. “Nossa expectativa é que sejam todos comercializados até o final do evento, só vão voltar os animais exposto na vitrine”, informou.

Entre os expositores de búfalos estão presente os pecuaristas das fazendas Canto do Rio, região de (Macapá), Bela Vista (Santana), Moto Geral e Jesus e Maria, ambas do município do Itaubal do Piririm e Campo Alegre do município de Mazagão.

O jovem fazendeiro, Erivelton Aranha, 27 anos, dono da fazenda Brilho Celeste, localizada no município de Mazagão, conta que acompanha o pai na atividade desde criança. Agora, administra seu próprio rebanho e, aposta na bubalinocultura. Ele aproveitou o momento certo para aumentar o rebanho, com a compra de 15 animais, sendo 14 matrizes e um reprodutor macho.

“Eu vejo a realização da Expobufalo como algo positivo e importante para a pecuária amapaense, porque facilita os tramites para fechar negócio, o processo de compra que levaria três meses para se concretizar. Aqui, conseguir finalizar o processo de compra em um dia e meio. Estou visando melhorar a genética do rebanho para que lá na frente, eu passe de comprador para vendedor nas próximas exposições”, descreveu o produtor Erivelton Aranha.

A primeira edição da ExpoBúfalo busca mostrar a potencialidade e a importância da bubalinocultura para a economia do estado, que possui o segundo maior rebanho bubalino do país. Com a expectativa de aumentar a cadeia produtiva de búfalos.

About the author

Related

JOIN THE DISCUSSION