(Manifestantes) efetuam disparos de fogos de artifícios em direção ao prédio do Supremo Tribunal Federal (STF), na praça dos Três Poderes, em Brasília (DF).

0
20

 

 

Um grupo de manifestantes retirado de um acampamento montado na Esplanada dos Ministérios causou tumulto e aglomeração, na noite deste sábado, 13), enquanto efetuavam disparos de fogos de artifício em direção ao prédio do Supremo Tribunal Federal (STF), na praça dos Três Poderes, em Brasília (DF). Durante o ato, os manifestantes divulgaram um vídeo pelas redes sociais com críticas aos ministros Alexandre de Moraes, Gilmar Mendes, Cármen Lúcia, Ricardo Lewandowski e Antonio Dias Toffoli. Palavras de ordem são ouvidas ao mesmo tempo em que as imagens mostram disparos de rojões que explodem bem próximo ao edifício do Supremo. O grupo denominado “300 do Brasil”, já haviam invadido a cúpula do Congresso Nacional, em reação à operação que desmontou as barracas de camping que formavam o acampamento. Seguranças agiram para retirar o grupo do local.

 

Roberto Lima