Memorial da Segurança Pública reverenciará legado de policiais mortos em serviço

0
1

"Nosso projeto quer reverenciar a memória de servidores da segurança pública mortos durante o exercício da função"

 

“Nosso projeto quer reverenciar a memória de servidores da segurança pública mortos durante o exercício da função”

O deputado Pedro DaLua (PSC) protocolou o Projeto de Lei nº 035/2016 que prevê a criação do Memorial da Segurança Pública. A iniciativa tem por objetivo homenagear servidores mortos em serviço ou em razão deste, incluídos os policiais militares e civis, bombeiros militares e agentes penitenciários, rodoviários, de trânsito e socioeducativos.

A proposta prevê que Estado instituirá o memorial por meio da Secretaria de Estado da Justiça e Segurança Pública (Sejusp) em um lugar a ser definido. A secretaria terá a responsabilidade de atualizar, anualmente, em solenidade a ser feita todo dia 21 de abril, o Dia do Policial Civil, Policial Militar, Profissionais de Segurança. Ainda segundo o projeto, será dada ciência da solenidade aos familiares do servidor morto ou em razão do serviço.

“Nosso projeto quer reverenciar a memória de servidores da segurança pública mortos durante o exercício da função para que eles não fiquem só figurando em estatísticas e sejam esquecidos pelo poder público. O memorial fará com que tanto a sociedade quanto os governos reflitam sobre meios de melhor proteger esses profissionais e a população em geral”, explicou DaLua.

Alguns dos casos mais recentes de mortes de policiais são: o assassinato do sargento Hudson, em frente ao Museu Sacaca; a morte do policial rodoviário Paulo Sérgio Costa Dias, em Laranjal do Jari; e a execução de Amauri do Nascimento, ocorrida neste mês.

Deixar uma resposta

Por favor, inscreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui