Mineração: deputados dão encaminhamentos aos trabalhos desenvolvidos em Belém

0
1

 

Os deputados estaduais Augusto Aguiar (MDB), Pedro DaLua (PSC), membros da Comissão de Indústria, Comércio, Minas e Energia (CIC); Fabrício Furlan (PCdoB) e Telma Gurgel (PRP), da Comissão de Administração Pública (CAP), reuniram-se no fim de semana para avaliar e dar os encaminhamentos dos trabalhos desenvolvidos no estado do Pará sobre o setor mineral. Os parlamentares cumpriram agenda no Sindicato das Indústrias Minerais do Estado do Pará (Simineral), Banco da Amazônia e na Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais (CPRM).

02O presidente da CIC levantou alguns meios de colaboração da Assembleia Legislativa do Amapá (Alap) para que a CPRM instale um escritório em Macapá. “remos levar isso aos nossos colegas parlamentares para buscar meios que ajudem a Companhia a voltar a atuar no nosso estado. Procuraremos os órgãos afins do governo para mostrar a importância do trabalho da empresa para o desenvolvimento econômico do Amapá”, destacou o deputado Augusto.

03Outro ponto em destaque no encontro foi a realização de um evento para apresentar as potencialidades do estado no setor mineral para a população amapaense. “A gente tem interesse e a diretoria da Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais colocou-se à disposição para ir até Macapá fazer esse trabalho. Nossos técnicos estão responsáveis para preparar esse momento que será crucial para o conhecimento da população sobre um recurso natural gratuito e de grande potencial no nosso estado”, disse o deputado Fabrício Furlan, presidente da CAP.

04A deputada Telma Gurgel avaliou a agenda de trabalho como positiva, uma vez que o Amapá precisa urgentemente de uma política que o ajude ainda mais a crescer economicamente. “Não podemos descansar e o nosso trabalho, como representante do povo, está sendo feito, buscando alternativas para que esse setor cresça e venha ao encontro do crescimento econômico, para que nossa população tenha a oportunidade de emprego. Não tenho dúvida de que num futuro próximo nosso estado dará um salto grande no quesito economia. Sabemos que a crise que se instalou em nosso país afetou diretamente o Amapá, mas, mesmo assim, com a política adotada pelo governador Waldez Góes [PDT] não sofremos tanto como outros estados da federação”, ponderou.

05O deputado Pedro DaLua falou da importância do trabalho das duas comissões nesse setor e afirmou que o Pará é exemplo de sucesso nos segmentos minerais. ?Tudo que desenvolvemos aqui é de conhecimento público e em prol da nossa população, que precisa de oportunidade de emprego. E essa é uma bandeira do nosso mandato, desenvolver economicamente o nosso estado. O setor mineral é uma potencialidade grande e que devemos aproveitá-lo. Uma das formas é mudar essa política de incentivo para que grandes empresas possam se instalar no Amapá com a proposta de deixar parte dessa riqueza para a população amapaense?, reforçou.

06Os técnicos das comissões farão um relatório e irão planejar a ida dos representantes da Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais para expor o trabalho já desenvolvido no estado e a potencialidade que o Amapá tem nesse setor que a cada dia cresce no Pará e que se torna exemplo para muitos do país.

Texto: David Diogo
Fotos: Gerson Barbosa

Deixar uma resposta

Por favor, inscreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui