Ministro dos Transportes visita obras e anuncia empreendimentos no Amapá – Correio Amapaense

Ministro dos Transportes visita obras e anuncia empreendimentos no Amapá

Valter Casimiro anunciou que o Amapá tem R$ 1,7 bilhão no ministério para investimentos, o que foi possível pela articulação do Executivo e bancada federal.

 

 Foto: Márcio Pinheiro/Secom
Anúncio dos empreendimentos foi feito em coletiva de imprensa no Palácio do Setentrião

O governador do Amapá, Waldez Góes, reuniu-se nesta sexta-feira, 27, com o deputado federal Vinícius Gurgel e o ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil (MTPA), Valter Casimiro, que cumpriu agenda no Estado para visitar obras, em Macapá, entre elas, a do aeroporto. O ministro também veio e anunciar novos empreendimentos que trarão mais qualidade de vida à população, como a pavimentação de trechos das rodovias BR-156 e BR-210, que ligam a capital aos municípios de Laranjal do Jari e Oiapoque, respectivamente. Os anúncios foram divulgados em uma coletiva de imprensa no Palácio do Setentrião, sede do Executivo Estadual.

Durante o encontro, Valter Casimiro frisou que o apoio do Governo do Amapá e da bancada de parlamentares federais, foi essencial para alocar os recursos destinados aos empreendimentos. “Hoje, o Estado do Amapá tem, no ministério, R$ 1,7 bilhão para investimentos, o que foi possível através da articulação da bancada amapaense, em Brasília [DF] e do governo do Estado”, enfatizou.

Um dos anúncios divulgados pelo ministro foi que a inauguração do Aeroporto Internacional de Macapá está prevista dezembro de 2018.  Para Vinicius Gurgel, além de facilitar a locomoção dos amapaenses, o empreendimento será uma espécie de aeroshopping, com espaço para mais de 30 lojas e quiosques, gerando emprego e renda à população.

Waldez Góes destacou a importância dos investimentos do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil, no Amapá. “Estes empreendimentos são essenciais para ampliar a estrutura rodoviária e aeroportuária do Amapá o que, consequentemente, trará maior qualidade de vida à nossa população”, mencionou o governador, que inspecionou as obras do aeroporto, junto com o ministro, antes da coletiva de imprensa.

Rodovias amapaenses

Casimiro destacou que há R$ 100 milhões disponíveis em recursos para a manutenção da malha rodoviária federal e, além disso, há contratos assinados e aptos para iniciar pavimentação no lote 2 da BR-156 no sentido Macapá-Oiapoque, que corresponde a um trecho de 60 quilômetros iniciando no município de Calçoene (Vila dos Maranhenses).

Além disso, até outubro deste ano, será licitada a pavimentação do lote 3 no sentido Macapá-Laranjal do Jari, no trecho que inicia na ponte do Rio Vila Nova, até à comunidade do Maracá. As obras serão executadas pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), autarquia vinculada ao MTPA.

O ministro citou, ainda, as quatro passarelas construídas na Zona Norte de Macapá. Uma delas, localizada em frente ao Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amapá (Ifap), já foi finalizada e está pronta para uso. A obra é do Dnit, em um aditivo de R$ 15 milhões referentes ao projeto de duplicação da rodovia.

O ministro ressaltou, também, a iluminação recebida no trecho duplicado da BR-210, no perímetro, após o posto da Polícia Rodoviária Federal do Amapá (PRF/AP), saindo da área urbana de Macapá.  A duplicação da BR-210, orçada em R$ 202 milhões, está concluída. As obras são importantes por integrar os benefícios à mobilidade urbana na Zona Norte da capital.

Casimiro anunciou que duas travessias urbanas nos municípios de Tartarugalzinho e de Porto Grande, receberão investimentos. “Será feita a duplicação e restauração dos trechos e, assim, garantir melhorias nestas travessias urbanas. As empresas estão contratadas e aptas para realizar os serviços”, anunciou o ministro. A previsão é que todas as obras iniciem durante o mês de julho, no verão amapaense.

Porto de Santana

Na área portuária, Casimiro anunciou que o Ministério dos Transportes finaliza os estudos para a concessão de um terminal hidroviário climatizado ao lado do Porto de Santana, o que garantirá maior segurança e conforto aos passageiros. A obra deve ser licitada em agosto, com investimentos de emenda parlamentar do deputado federal Vinicius Gurgel.  “Dessa forma a população amapaense contará com um terminal hidroviário nos moldes dos que existem em estados do Amazonas e no Pará. Será uma obra de R$25 milhões”, reforçou Vinicius.

Pátio aduaneiro

O ministro dos Transportes falou, também, a respeito das obras pátio aduaneiro no lado brasileiro da Ponte Binacional, na fronteira de Oiapoque com Saint-Georges, na Guiana Francesa. No local, ocorre a fiscalização da travessia entre os dois países.

As obras foram executadas e concluídas pelo Dnit. O pátio aduaneiro está em processo de tramitação para a Secretaria de Patrimônio da União (SPU) que, por sua vez, deverá repassá-lo à Receita Federal, órgão que será responsável por administrar a estrutura, cuja previsão de inauguração oficial é agosto de 2018.

A coletiva de imprensa contou com a presença do diretor-geral interino do Dnit, Halpher Luiggi; do superintendente de Engenharia da Infraero, Adécio Guimarães; do superintendente da PRF, Klebson Sampaio, do deputado federal, Vinícius Gurgel e deputada estadual, Luciana Gurgel e da prefeita de Pracuúba, Belize Ramos.

GALERIA DE FOTOS

 Créditos:Márcio Pinheiro / Secom

About the author

Related

JOIN THE DISCUSSION