Moradores do Igarapé do Lago ganham reforma do Centro Comunitário

0
12
A obra atende a uma reivindicação dos moradores para que possam utilizar o espaço para os eventos da comunidade.

 Foto: TONY BRIAM
Foi feita a pintura geral, reforma dos banheiros, construção de palco fixo, reforma no telhado, reparo na rede elétrica e manutenção hidrossanitária

O Governo do Amapá reformou o Centro Comunitário do distrito do Igarapé do Lago, área quilombola, localizada na BR-156, no município de Santana, a 90 quilômetros de Macapá. Com a melhoria da estrutura física, a comunidade pode utilizar o espaço para promover seus eventos, como as festividades religiosas de Nossa Senhora da Piedade, Divino Espírito Santo e de Nossa Senhora da Conceição. A obra atende a uma reivindicação da comunidade feita ao governador Waldez Góes.

Os festejos movimentam o turismo local e o setor econômico da região. Visitantes de várias localidades do Estado comparecem nas programações que apresentam ritos religiosos trazidos para o Amapá por escravos refugiados de Mazagão. “Foi pensando em manter essa tradição que o Governo do Amapá atendeu ao pedido dos moradores de reformar o Centro Comunitário do Igarapé do Lago”, justificou o secretário de Estado da Infraestrutura (Seinf), João Henrique Pimentel.

A reforma do centro comunitário durou cerca de dois meses e o recurso utilizado é dos cofres estaduais no valor de R$ 41 mil. Os serviços executados foram pintura geral, reforma dos banheiros, construção de palco fixo, reforma no telhado, reparo na rede elétrica e manutenção hidrossanitária.

Outra obra de infraestrutura prevista para a comunidade do Igarapé do Lago é a pavimentação de ruas em blocos de concreto, com drenagem, meio fio e sarjeta. O projeto está em orçado em R$ 609 mil, do Programa Calha Norte, de uma emenda do deputado federal, André Abdon. O Governo do Amapá fará o processo licitatório da obra.

A Seinf já concluiu o projeto base e, até julho deste ano, a empresa vencedora da licitação deve iniciar os trabalhos, segundo o secretário João Henrique Pimentel.

Da Redação .Colaboradores: Tony Briam