MORTE EM DECORRÊNCIA DE INTERVENÇÃO DE AGENTE DO ESTADO

0
443

.
Na tarde desta quarta-feira (14), uma guarnição do 6º Batalhão foi acionada via CIODES para atender uma ocorrência de ameaça de morte. A vítima informou que seu filho, que não reside com ele, havia invadido a sua casa e subtraído a quantia de RS500,00 (quinhentos reais) e que o mesmo estava de posse de uma arma de fogo ameaçando-o de morte caso ele chamasse a polícia.

Chegando ao local, a equipe entrou em contato com a vítima, que estava na casa de um vizinho, e informou que naquele momento o infrator encontrava-se dentro da residência.

A equipe fez o adentramento tático na residência, o infrator não acatou as ordens de comando da guarnição, vindo a sacar uma arma de fogo e disparar contra os policiais. E em legítima defesa, no estrito cumprimento do dever legal, a equipe não obteve outro meio a não ser repelir a injusta agressão vindo alvejar o infrator.

O socorro de urgência foi acionado, porém o infrator veio a óbito. A POLITEC compareceu no local e após o término, foi realizado consulta criminal e constatou-se que o infrator respondia por diversos processos, dentre eles furto(quando era menor) e roubo qualificado com uso de arma de fogo e extrema violência.