NOTA DO HOSPITAL MÃE LUZIA SOBRE A MORTE DE UMA PACIENTE GRÁVIDA QUE FOI A ÓBITO, NÃO FOI POR FALTA DE MEDICAMENTO SEGUNDO A NOTA. – Correio Amapaense

NOTA DO HOSPITAL MÃE LUZIA SOBRE A MORTE DE UMA PACIENTE GRÁVIDA QUE FOI A ÓBITO, NÃO FOI POR FALTA DE MEDICAMENTO SEGUNDO A NOTA.

Nota
Sobre a denúncia referente ao óbito de Claudionara de Souza dos Santos, por falta de medicamentos para leptospirose, a direção do Hospital da Mulher Mãe Luzia esclarece que não havia diagnóstico concluído para a doença e que possui os antibióticos para o tratamento, bem como outras medicações para os sintomas pontuais.
O caso foi encaminhado para a Comissão de Investigação de Óbitos, que irá apurar as causas do falecimento.
A direção do Hospital da Mulher lamenta o fato ocorrido e se coloca à disposição para qualquer esclarecimento.

Ascom/SESA

Janine Cruz

About the author

Related