NPD Equinócio abre inscrições de capacitação para incentivar audiovisual amapaense

0
1
Inscrições do curso Elaboração de Projetos estão ocorrendo no Sesc Araxá, em Macapá, mesmo local onde ocorrerá a capacitação de 14 a 18 de maio.

 

 Foto: Marcelo Loureiro/Secom
O Sesc/AP firmou compromisso em contribuir com o espaço físico nas dependências do Sebrae e suporte nas capacitações

O Governo do Estado do Amapá (GEA) realiza no período de 14 a 18 de maio, o curso de Elaboração de Projetos, com Solange Souza Lima Moraes. A iniciativa é do Núcleo de Produção Digital (NPD) Equinócio, inaugurado em abril deste ano, para aperfeiçoar o segmento audiovisual amapaense. O evento acontecerá no Serviço Social do Comércio (Sesc/AP) do bairro Araxá, em Macapá, e vai atender os interessados em desenvolver projetos de produções audiovisuais locais, na intenção de gerar empregos e renda para o setor, no Estado.

As inscrições são presenciais e estão acontecendo no Sesc/AP. A programação será durante a tarde e à noite. Das 15h às 18h haverá consultoria com a convidada Solange Moraes e, das 18h às 22h ocorrerá o curso de Elaboração de Projetos, com as técnicas e modelos para colocar as ideias no papel.

O segundo Edital de Produção Audiovisual do Amapá já está autorizado e contemplará recursos na ordem de R$ 12 milhões, ampliando as oportunidades e agregando valor à cultura local e aos costumes do Estado como um todo. A coordenadora do NPD, Ana Vidigal, reforça a importância desse evento.

“Essa programação faz parte do Plano de Capacitação do NPD, uma ação muito pensada, por conta dos editais que estão abertos até junho, do fundo setorial. Todos temos boas ideias, porém, são necessárias técnicas e estímulo. Por isso, preparamos esse curso, para que todos se sintam mais atraídos e com subsídios para a elaboração de projetos”, justificou Ana Vidigal.

O NPD Equinócio funciona no prédio do Sebrae, na Avenida Ernestino Borges, no Centro de Macapá. O Sesc/AP firmou compromisso em contribuir com o espaço físico e suporte nas capacitações.

São três ilhas de edição, equipamentos modernos, como câmeras 4k, lentes, equipamentos de iluminação e áudio, além de computadores e softwares de edição que, a princípio, foram fornecidos de forma provisória pelo Ministério da Cultura. Somente após dois anos de atividade, estes equipamentos poderão ser doados em definitivo ao Estado, mediante avaliação quanto ao desempenho das produções.

A estrutura tem acesso livre para o aperfeiçoamento do segmento de audiovisual, formando profissionais de produção, roteiristas, diretores e editores de áudio e vídeo. Cursos do MedioTec voltados para o audiovisual, também serão implementados no NPD, ampliando as oportunidades para os jovens que têm interesse em atuar na área.

Deixar uma resposta

Por favor, inscreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui