“Operação Caro Edil”

0
40

 

As Promotorias de Justiça de Defesa do Patrimônio Público de Macapá (Prodemap), em parceria com a Polícia Civil do Amapá, realizou nesta quarta-feira (23), a “Operação Caro Edil”. A investigação apura denúncia de possíveis desvios de recursos públicos da verba indenizatória por parte de Vereadores da Câmara Municipal de Macapá.

A ação deu cumprimento a oito (8) mandados judiciais de busca e apreensão em empresas privadas, suspeitas de envolvimento nos ilícitos, e nas residências de seus proprietários. O objetivo é angariar provas para instrução de Inquérito Civil Público.

“Cada um dos vereadores dispõe, todos os meses de R$ 20.000,00 (vinte mil reais) para gastos com atividades necessárias ao exercício de seus mandatos, como locação de veículos e aquisição de combustíveis. É a chamada verba indenizatória do exercício parlamentar, dinheiro público que a Câmara Municipal de Macapá destina aos legisladores municipais”, relatam os promotores de Justiça da Prodemap, Afonso Guimarães e Laércio Mendes, que coordenaram as buscas.

A Operação contou com a participação dos promotores de Justiça da Prodemap, Afonso Pereira e Alberto Eli, que acompanharam as buscas com os oficiais de justiça, e com o apoio de delegados e agentes da Policia Civil do Estado do Amapá. O material apreendido passará por análise para instrução do inquérito.