Operação Tiradentes parte II

0
3

O Batalhão de Operações Especiais esteve imbuído, durante todo o último final de semana, na Operação Tiradentes, operação idealizada pelo comando da Polícia Militar do Estado do Amapá, pelo feriado e em alusão ao patrono das Policias Militares do Brasil. Tiradentes é tido como um dos grandes heróis brasileiros, por ter lutado bravamente pela independência brasileira.

Durante a operação, o BOPE intensificou seu patrulhamento, em áreas com altos índices de crime, abordagens seletivas em veículos e pessoas, além de montar barreiras em pontos estratégicos de Macapá e Santana, com o intuito de proporcionar, à sociedade amapaense, maior tranquilidade e sensação de segurança.

Cabe destacar que, além de auxiliar na operacionalização da Operação Tiradentes, o BOPE continuou desempenhando seu serviço ordinário, atendendo as demandas passadas pelo Centro Integrado Operações de Defesa Social (CIODES), averiguando as denúncias feitas, para o telefone disponibilizado para esse serviço, além de, trabalhar em parceria com outros setores relacionados à segurança pública.

Dentre os resultados importantes alcançados pelo o BOPE, durante o final de semana, podemos destacar a redução dos registros de crimes nas áreas em que o batalhão atuou, bem como nas adjacências, recuperação de veículos com restrição de ROUBO/FURTO e a localização do quinto e último envolvido na morte do policial civil Asplênio, ocorrida no último dia 17. A localização do criminoso ocorreu graças ao apoio da Coordenadoria de Inteligência e Operações Policiais (CIOP/SEJUSP), e com a aproximação da equipe do BOPE ao local onde o criminoso se encontrava escondido, os policiais foram “recebidos” a tiros pelo meliante e foram obrigados a revidar a injusta agressão, o que resultou na morte do bandido e na apreensão de uma arma de fogo e de um colete.
Assim, o BOPE segue realizando seu trabalho para proporcionar mais segurança ao povo amapaense.