Oxímetros vão reforçar o atendimento a pacientes que estão em isolamento domiciliar. – Correio Amapaense

Oxímetros vão reforçar o atendimento a pacientes que estão em isolamento domiciliar.

Covid-19: com aparelho que mede nível de oxigênio, Estado intensifica monitoramento de pacientes
Por: Marco Antônio P. Costa .Colaboradores: Nelson Carlos

 

 Foto: Nelson Carlos
Aferição dos níveis de oxigênio no sangue com oxímetro

As equipes da Superintendência de Vigilância em Saúde (SVS) agora contam com oxímetros – aparelhos que medem a quantidade de oxigênio no sangue e a frequência cardíaca. O reforço vai auxiliar no monitoramento aos pacientes infectados pela covid-19 que estão em isolamento domiciliar.

Desde o dia 15 de abril, as equipes – formadas por agentes de saúde e enfermeiros – vão até as casas desses pacientes para aferir a pressão e medir a temperatura. Agora, com o oxímetro, também será possível avaliar os níveis de oxigênio. Esse passo é importante para verificar se o paciente necessita de um tratamento diferente do que recebe durante o isolamento domiciliar.

 

A gerente do Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS/SVS), Maylin Rodriguez, detalha o diferencial do aparelho.

“O oxímetro é um elemento a mais em nosso trabalho, permitindo-nos verificar a quantidade de oxigênio no sangue. Caso o resultado for abaixo do normal, significa que a evolução clínica do paciente não está bem, e aliado aos demais testes, monitoramos o quadro clínico” declarou a gerente.

Panorama das visitas de monitoramento

Até o dia 27 de abril, 220 casos foram monitorados pelas equipes, o que corresponde a 34,21% do total de infectados.

Desses, 46 infectados tinham mais de 55 anos, 10 tinham doenças cardíacas, 16 com doenças respiratórias, 17 com diabetes melito, 40 com hipertensão arterial, 10 obesos e 14 com outras doenças.

Evolução Clinica

Dos pacientes monitorados, 109 apresentaram melhora nos sintomas e 16 foram recuperados.  Outros 26 tiveram agravamentos, desses, 8 foram internados e uma pessoa veio à óbito.

A SVS também identificou e monitorou 381 pessoas com quem os pacientes tiveram contato. Dessas, 183 pessoas foram identificadas com algum dos sintomas e 55 tiveram os mesmos sintomas do doente. Outras 5 apresentaram agravamento dos sintomas, 4 foram internadas em hospitais, e 43 tiveram melhora nos sintomas.

A maioria, 198 pessoas, não apresentou sintomas.

O monitoramento dos casos permanecerá ao longo da pandemia, isso trará orientações mais próximas aos casos confirmados e ajudará na estratégia de combate ao coronavírus. O trabalho epidemiológico também é feito pelas prefeituras.

About the author

Related

JOIN THE DISCUSSION