Pai e filho são presos pela Rotam em Santana

0
1685

 

A companhia de Rondas Ostensivas Táticas Motorizadas-ROTAM, na noite de ontem (25), fez incursões em um porto, do Município de Santana, por ser um lugar conhecido pelas ocorrências de inúmeros crimes.
Durante as averiguações foi feita a abordagem em dois suspeitos, tratando-se de pai e filho. Os suspeitos, apesar de serem familiares, foram abordados em locais diferentes. O que os uniu foi a recorrência na realização de crimes.
O pai tentou enganar os policiais com documentos falsos, tanto pessoal quanto de um veículo que estava sob seu domínio. Contra ele pesava um mandado de prisão, pelo crime por receptação, além de ter sido indiciado em vários inquéritos. Já o filho, tentou ludibriar os policiais misturando-se com os passageiros de uma embarcação, onde ele se encontrava. O criminoso, que deveria estar com tornozeleira eletrônica e em hipótese alguma ousar sair da capital amapaense, estava embarcado com o destino a um interior do Pará. Segundo o infrator, seguiu orientações de seu advogado, o qual ficou com o equipamento eletrônico violado, para que o serviço de monitoramento da tornozeleira não registrasse qualquer alteração.
O “filho”, de 29 anos, estava sendo investigado por sua possível participação em grandes roubos, no Estado do Amapá. Somado todo o dinheiro levado pelo bando, nesses roubos, pode-se chegar a um milhão de reais em dinheiro. Além disso, o bando é conhecido por empregar grande violência em suas ações, por efetuar disparos durante o cometimento dos crimes.