Pais devem fiscalizar as mochilas de seus filhos – Correio Amapaense

Pais devem fiscalizar as mochilas de seus filhos

 

Pais devem ficar atentos para o peso das mochilas de crianças e adolescentes

Recomendação é que o peso das mochilas não deve ultrapassar 10% do peso corporal.

 Foto: Erich Macias
Além do peso adequado, é importante colocar a mochila nas costas corretamente, utilizando as duas alças

A volta às aulas é sempre um momento de expectativa para as crianças e adolescentes, rever os amigos, conhecer os novos colegas. Mas também requer muita atenção dos pais que devem ficar atentos ao peso das mochilas dos estudantes.

Segundo o ortopedista Luiz Alberto Nogueira, a orientação da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (Sbot) é que crianças e adolescentes carreguem mochilas com, no máximo, 10% do seu peso corporal, ou seja, uma criança que pesa 40 kg pode carregar uma mochila com, no máximo, 4 kg.

Outro ponto a ser observado é a forma como os estudantes usam a mochila e o tipo de mochila. “É muito comum eles utilizarem apenas uma das alças. A mochila tem que respeitar a largura das costas e a alça deve estar ajustada para começar na altura do ombro e deve se estender até o nível da cintura”, explica Luiz Alberto.

A mochila com rodinhas também é uma opção, mas também requer atenção na hora de usar, deve ficar ao lado do corpo em um ângulo de, no máximo, 25° e a alça deve ficar na altura da cintura da criança.

O ortopedista explica que, como crianças e adolescentes ainda estão em fase de crescimento, o excesso de peso pode prejudicar a formação óssea e causar doenças como hérnias de disco e deformidades na coluna, que podem afetar as placas de crescimento e causar desvios de coluna.

“A melhor estratégia é a prevenção, existem doenças ósseas que são irreversíveis, é importante sempre fiscalizar para que na mochila contenha apenas o material indispensável para o dia a dia dos estudantes”, completa o especialista.

 

Por: Claudia Cavalcanti

About the author

Related

JOIN THE DISCUSSION