PF prende mulher por transporte irregular de eleitores em Santana/AP

0
450

Macapá/AP – No início da tarde deste domingo, uma equipe de policiais federais,
em ação conjunta com o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime
Organizado (GAECO/MP/AP), abordou um veículo em situação suspeita durante
as ações da Polícia Federal para reprimir crimes eleitorais na cidade de
Santana/AP.
A condutora trazia consigo três pessoas, duas mulheres e um homem, que
seguiriam para votar em uma seção eleitoral da cidade. Ao realizar buscas no
veículo, os policiais encontraram material de campanha de um candidato a
vereador no município.
A mulher admitiu que fazia propaganda para certo candidato e no veículo que ela
conduzia foram achadas uma lista de possíveis outros eleitores que seriam
transportados como também quantia em dinheiro acomodada na parte interna de
uma das portas do veículo.
A condutora foi encaminhada à Superintendência Regional da Polícia Federal no
Amapá para realização da prisão em flagrante e os passageiros foram ouvidos e
após, liberados.
O crime de transporte irregular de eleitores pode ter reclusão de quatro a seis
anos, além do pagamento de multa.
Outras ocorrências
Foram lavrados dois Termos Circunstanciados (TC) durante este domingo de
eleição.
Um homem foi flagrado fazendo boca de urna em frente a um local de votação
no município de Santana/AP, o indivíduo após assinatura do termo de
compromisso deverá comparecer perante a Justiça Eleitoral.