PLANTÃO POLICIAL AS OCORRÊNCIAS DO ESTADO – Correio Amapaense

PLANTÃO POLICIAL AS OCORRÊNCIAS DO ESTADO

ASSALTO A RESIDÊNCIA EM PLENA LUZ DO DIA
Aconteceu no bairro Pacoval, na Rua: São Paulo, quando por volta das 10h30min da manhã desta quarta-feira (2), o cunhado da vítima foi visitá-lo e encontrou o mesmo amarrado no dentro da casa dele. Só aí que a vítima ficou sabendo o que os assaltantes levaram da casa uma TV LCD, um botijão de gás cheio e o celular dele. O cunhado então foi infirmado que uma dupla de assaltantes entrou na casa por volta das 08h30min da manhã. A ocorrência foi registrada no CIOSP do Pacoval.
POLÍCIA CIVIL CAÇA DOIS HOMENS ACUSADOS DE TENTATIVA DE HOMICÍDIO
A polícia civil está a caça de dois elementos que por volta das 03h00min da tarde desta quarta-feira (2), tentaram matar o autônomo PAULIAN LEITE RAMOS DA SILVA (27),com vários tiros, sendo que o mais grave lhe atingiu o abdomem. O que a policia já sabe, é que os acusados estavam em uma carro Uno Mille de cor branca, e fugiram após a tentativa de homicídio. Paulian, encontra-se internado no H,E de Macapá, e segundo um dos médicos, ele não corre risco de morte.
POLÍCIA CIVIL PRENDE SEIS PESSOAS ENVOLVIDAS EM CRIME DE ESTELIONATO
Uma Guarnição da policia civil, sob o comando do delegado Nixon Kennedy, conseguiu desarticular uma quadrilha que vinha agindo nesta cidade. A quadrilha fez várias vítima em 16 Estados.
O crime cometido era a venda pela internet de vários supostos produtos com descontos atraentes, que nunca eram entregues. Dos oito mandados de prisão preventiva, seis foram cumpridos, sendo quatro homens e duas mulheres, esposas dos acusados, mais oito mandados de busca e apreensão de computadores e celualres. Eles foram entregues na 10ª delegacia de polícia, onde prestaram depoimentos e confessaram os crimes.
São eles: ALEX SOUSA DA SILVA, CALEBE SILVA BITENCOUT, DEIVISSON BATISTA DA SILVA e ISRAEL SILVA DOS SANTOS, assim como as mulheres MAIARA CARVALHO DA SILVA e  MARIA ROSA NUNES GOMES. Elas emprestavam as contas bancárias para as vítimas depositarem os valores a serem pagos pelas compras. Durante seis meses, eles conseguiram movimentar mais de 50 mil reais. As investigações só iniciaram, após o registro de um B.O por um vítima do Estado do Rio de Janeiro. Os mesmos foram para o IAPEN, e irão responder pelos crimes de estelionato, associação criminosa e falsidade ideológica.

About the author

Related

JOIN THE DISCUSSION