POLÍCIA CIVIL DEFLAGRA A “OPERAÇÃO CAMALEÃO”

0
783
POLÍCIA CIVIL DEFLAGRA A “OPERAÇÃO CAMALEÃO” E PRENDE 7 PESSOAS INVESTIGADAS POR REALIZAREM VENDAS FRAUDULENTAS DE LOTES E TERRENOS EM MACAPÁ

 Foto: Polícia Civil

Na manhã dessa sexta-feira, 22, a Polícia Civil do Amapá, por meio da 2ª Delegacia de Polícia da Capital, deflagrou a “Operação Camaleão” com o objetivo de cumprir 10 mandados de prisões em desfavor de uma organização criminosa que vem cometendo crimes de estelionato em Macapá.
Durante a ação, que foi coordenada pelos Delegados Manoel Pacheco e Antônio Pedro, 7 pessoas foram presas, sendo, 4 em Macapá, 1 em Santana, 1 em Laranjal do Jari e 1 em Santarém, no estado do Pará.
De acordo com os Delegados, as investigações demonstram que os integrantes dessa organização agem através de vendas fraudulentas de lotes e terrenos em várias regiões de Macapá.
“As vítimas são atraídas por meio de anúncios em redes sociais e aplicativos de compra e venda, que realizam pagamentos pensando estarem adquirindo bens imóveis de forma lícita. Estima-se que os criminosos, utilizando nomes e documentos falsos, tenham auferido cerca de $ 1.000.000 (um milhão de reais) em vantagens ilícitas e transferências bancárias realizadas por mais de 20 vítimas”, destacou o Delegado Manoel Pacheco.
Para o Delegado Antônio Pedro, é importante que as vítimas denunciem e faz um alerta.
“Estamos investigando cerca de 30 pessoas pelos crimes de organização criminosa e estelionato. A operação de hoje foi apenas o início das prisões. As vítimas que ainda não registraram um boletim de ocorrência, devem procurar uma Delegacia. À sociedade em geral, deixamos um alerta para que desconfiem de ofertas muito vantajosas, exijam notas fiscais de produtos e procurem confirmar a legalidade do que se está adquirindo, para não se tornarem vítimas de estelionatários”, disse o Delegado.
A ação contou com o apoio de outras Delegacias da Capital, de Delegacias Especializadas, da Divisão de Capturas, da Delegacia de Vitória do Jari e do Núcleo de Apoio à Investigação do Baixo e Médio Amazonas em Santarém/PA.
A operação foi batizada como “Camaleão”, uma vez que esse animal consegue se camuflar, o que se assemelha à conduta dos investigados.

IMAGENS RELACIONADAS
+ Notícias mais lidas
 ter, 18 ago 20 – 09:35h –  31250
EM PORTO GRANDE, POLÍCIA CIVIL PRENDE CASAL QUE PLANTAVA MACONHA EM CASA
 qui, 01 dez 16 – 09:20h –  13587
Telefones Polícia Civil
 sáb, 07 jul 18 – 22:22h –  12861
NOTA DE ESCLARECIMENTO
 qui, 14 mar 19 – 16:00h –  11802
POLÍCIA CIVIL DO AMAPÁ LOCALIZA O PROPRIETÁRIO DA EMPRESA ELETROMOTOS E EFETUA SUA PRISÃO JUNTAMENTE COM A POLÍCIA CIVIL DO MARANHÃO
 sáb, 30 jun 18 – 11:33h –  10802
Polícia Civil cumpre mandado de prisão de uma ex-gerente de Hotel de Macapá acusada de desviar cerca de 500 mil reais

+ ler todas

NEWSLETTER