POLÍCIA CIVIL DEFLAGRA OPERAÇÃO JUVENTUDE SEGURA – Correio Amapaense

POLÍCIA CIVIL DEFLAGRA OPERAÇÃO JUVENTUDE SEGURA

Parceria com o MPE e Conselho Tutelar de Tartarugalzinho.

 

 Foto: Polícia Civil do Amapá
Equipe da delegacia de Tatarugalzinho

A Polícia Civil do Amapá através da Delegacia de Polícia do Município de Tartarugalzinho iniciou na manhã de hoje a segunda etapa da operação “juventude segura”, que acontece em Parceria com o Ministério Público do Amapá e o Conselho Tutelar de Tartarugalzinho.
A operação prendeu e apresentou na delegacia local o pedófilo Carlos Edvaldo de Paiva Pacheco, após a representação feita pelos Delegados Nícolas Bastos e Felipe Vieira.
Também Participou da Operação a Promotora de Justiça Klisiomar Lopes Dias.
Edvaldo mantinha um relacionamento amoroso com uma garota de apenas 12 anos (apesar de ter 60) e conforme material apresentado e o Delegado Felipe Vieira o preso usava brinquedos e roupas infantis para atrair as vítimas, material esse que foi apreendido e apresentado na delegacia.
Ressalte-se que em maio desse ano ele foi preso flagrante pelo mesmo crime, foi solto pela justiça e continuou representando uma ameaça à sociedade.
Segundo o Delegado Nícolas Bastos “Penso que a prisão antes da condenação é uma medida extrema. Mas nesse caso provou ser a única maneira de preservar essas crianças, de 10 a 12 anos de idade”.
Os Delegados pedem que possíveis outras vítimas deste criminoso bem como seus familiares compareçam a esta unidade policial para reconhecimento e denuncia.
A orientação da Polícia Civil é de que os pais adotem na sai rotina diária um comportamento preventivo:
– Crianças devem andar vestidas, não deixar as crianças apenas de calcinha ou cueca apesar do clima de nossa região;
– Não permitir que fiquem na rua sem a supervisão de um adulto;
– Não deixar as crianças sob a guarde de desconhecidos;
– Atenção aos locais que frequenta;
– Diálogo com seus filhos.

About the author

Related