POLÍCIA CIVIL FISCALIZA MAIS DE 15 MIL ESTABELECIMENTOS COMERCIAIS EM 45 DIAS DE ATUAÇÃO DA FORÇA TAREFA NO ESTADO DO AMAPÁ – Correio Amapaense

POLÍCIA CIVIL FISCALIZA MAIS DE 15 MIL ESTABELECIMENTOS COMERCIAIS EM 45 DIAS DE ATUAÇÃO DA FORÇA TAREFA NO ESTADO DO AMAPÁ

Nesta quinta-feira, 7, o Delegado-Geral da Polícia Civil do Estado do Amapá, Uberlândio Gomes, divulgou o balanço das operações realizadas pela “Força Tarefa” da Polícia Civil quanto à frente de atuação denominada OPERAÇÃO COVID – CUMPRIMENTO DE DECRETO.

O referido balanço compreende o período de 45 dias após a publicação do Decreto Governamental Nº 1414 (19/03/2020), que dispõe sobre medidas de restrição de aglomeração de pessoas com a finalidade de reduzir os riscos de transmissão do novo coronavírus (COVID-19) e adota outras providências.

Essa frente de atuação da Polícia Civil, que está sendo coordenada pelo Diretor do Departamento de Polícia Especializada, Delegado Fábio Araújo, compreende o trabalho ostensivo, com viaturas e policiais caracterizados, realizando rondas de conscientização e fiscalização quanto ao cumprimento do Decreto Governamental Nº 1414 e suas prorrogações, principalmente, no que respeito à proibição de aglomeração e horário de funcionamento de estabelecimentos comerciais.

Essa ação policial aconteceu em todos os municípios do Estado do Amapá, totalizando 496 operações de fiscalizações realizadas, resultando em 15.069 estabelecimentos fiscalizados, 1.419 estabelecimentos fechados, 843 notificados e 272 prisões efetuadas pela prática dos crimes de desobediência (art. 330 do Código Penal), infração de medida sanitária preventiva (art. 268 do Código Penal) e perigo para a vida ou saúde de outrem (art. 132 do Código Penal).

“Nesses 45 dias, foi muito exitosa a atuação da Polícia Civil com a realização das operações de fiscalização do cumprimento do decreto governamental para que, de fato, nós possamos coibir a disseminação da Covid-19. Continuamos prestando o serviço essencial à sociedade em todas as Delegacias de Polícia e Centrais de Flagrantes, paralelamente ao trabalho dessa Força Tarefa. Os trabalhos irão continuar, de forma mais incisiva, devido o aumento dos casos confirmados em todo o estado do Amapá”, destacou o Delegado-Geral.

About the author

Related

JOIN THE DISCUSSION