POLÍCIA CIVIL INDICIA EX-FUNCIONÁRIOS E ATUAL GERENTE DE EMPRESA DE INTERNET POR FURTO QUALIFICADO E APROPRIAÇÃO INDÉBITA

0
23

Nesta segunda-feira, 13, a Polícia Civil do Estado do Amapá, por meio do Ciosp de Oiapoque, indiciou três pessoas, funcionários e ex-funcionários de uma empresa de distribuição de internet banda larga no Amapá, pelos crimes de furto qualificado e apropriação indébita.

De acordo com o Delegado Charles Corrêa, um dos sócios da empresa registrou boletim de ocorrência informando o desaparecimento de 192 roteadores digitais do estoque da empresa (de janeiro a abril desse ano), que equivale a um prejuízo financeiro de R$ 107,5 mil.

“Após termos ciência dos fatos, iniciamos as diligências necessárias e conseguimos chegar a uma pessoa que havia adquirido um dos roteadores. Em seguida, identificamos um ex-funcionário da empresa, responsável pela implantação do serviço de internet na casa dos clientes. Além dele, o atual gerente da empresa também foi interrogado. Os dois confessaram o furto de 10 roteadores e responderão por furto qualificado. Outro fato a destacar é de um ex-gerente, que ao ser interrogado, confessou que furtou alguns roteadores e, ainda, não repassava os valores das mensalidades pagas pelos clientes à empresa. Porém, à época, ao ser descoberto por ficar com o dinheiro das mensalidades, ressarciu a empresa e o proprietário da mesma decidiu não registrar boletim de ocorrência. Diante disso, ele responderá por furto qualificado e apropriação indébita”, destacou o Delegado.

Até o momento, 10 aparelhos foram recuperados (cinco apresentados pelos suspeitos e o restante encontrados com dois receptadores). As investigações continuam no sentido de identificar e localizar outros envolvidos e os objetos furtados, pois a suspeita é que os indiciados pretendiam montar uma empresa de distribuição de internet, utilizando os roteadores furtados e a carteira de clientes existente.

 

Por: Assessoria de Comunicação

 

 Foto: Polícia Civil