POLÍCIA CIVIL INDICIA MEMBRO DE ORGANIZAÇÃO CRIMINOSA QUE EXECUTOU RIVAL

0
388

Nesta segunda-feira, 5, a Polícia Civil do Amapá, por meio da Delegacia de Crimes Contra a Pessoas (DECIPE), interrogou e indiciou um homem de 25 anos de idade, investigado pelo homicídio de Alex Vando, ocorrido no dia 12 de setembro desse ano.
De acordo com o Delegado Wellington Ferraz, o investigado e a vítima eram membros de organizações criminosas rivais, tendo, o primeiro, recebido ordem para realizar a execução.
“O investigado já estava sendo procurado pelos policiais da DECIPE, pois já havíamos conseguido identificá-lo como o autor dos disparos de uma das mortes, ocorrida no bairro Jardim Felicidade. Não descartamos a possibilidade dele ter executado outras pessoas no mesmo dia, pois foram várias mortes, durante essa guerra de organizações criminosas, que ainda estão sendo investigadas”, destacou o Delegado.
O investigado chegou a Macapá na manhã de hoje, após ter sido recambiado do município de Pedra Branca do Amapari, onde havia sido preso em flagrante pelos crimes de porte ilegal de arma de fogo e tráfico de drogas, no último dia 1º.
“Em interrogatório, o investigado confessou a autoria do crime e, ao receber a ordem para executar membros de organizações rivais, resolveu matar a vítima com quem já possuía uma desavença pessoal. Ele foi indiciado por homicídio qualificado e organização criminosa”, finalizou o Delegado.
O preso será encaminhado ao Iapen, onde ficará à disposição da justiça.