POLÍCIA CIVIL PRENDE TRÊS PESSOAS POR ESTELIONATO E ASSOCIAÇÃO CRIMINOSA QUE AGIAM POR ORDEM DE DETENTO DO IAPEN

 Foto: Polícia Civil
Por: Assessoria de Comunicação

Nesta quinta-feira, 9, a Polícia Civil do Estado do Amapá, por meio da 7ª Delegacia de Polícia da Capital, prendeu, em flagrante, dois homens e uma mulher, suspeitos pelos crimes de estelionato e associação criminosa.

As três pessoas foram presas no momento em que chegaram à loja para receber objetos comprados através de aplicativo de mensagens. As compras foram efetuadas através da utilização de cartões de crédito e dados de quatro pessoas que não residem no Estado do Amapá.

De acordo com o Delegado Leonardo Fabrício, a gerência da loja entrou em contato com a Delegacia após suspeitar que tivesse algo errado com as compras devido os seus valores elevados.

“As compras começaram a ser efetuadas no dia 3 de julho. A loja informou que foram mais 20 celulares e 3 televisores, que totalizam, aproximadamente, R$ 68.000,00 (sessenta e oito mil reais). Porém, ainda continuamos investigando, pois temos informações que foram mais objetos. O quantidade de objeto e, por consequência, o elevado valor das compras, chamaram a atenção dos vendedores e da gerência da loja. Realizamos a abordagem no momento em que iriam realizar a retirada de alguns produtos. Eles foram conduzidos à Delegacia e autuados em flagrante pelos crime de estelionato e associação criminosa”, destacou o Delegado.

O Delegado disse ainda que, um dos presos informou em depoimento que  eles eram responsáveis por buscar as mercadorias e estavam fazendo isso por ordem de um interno do Iapen, o qual era a pessoa que entrava em contato com os vendedores da loja por meio de um aplicativo de mensagens e fazia as negociações.

Os presos aguardam decisão judicial no Ciosp do Pacoval.

About the author

Related

JOIN THE DISCUSSION