POLÍCIA CIVIL REALIZA 4 PRISÕES NA OPERAÇÃO EXODONTIA

0
3

A ação durou dois dias e foi realizada em Macapá e Santana.Por: Assessoria de Comunicaçãoaaá,

 Foto: Polícia CivilDelegado Fábio Araújo e equipes da DECCON e da Captura

A Polícia Civil do Amapá, através da Delegacia de Crimes Contra o Consumidor (DECCON), realizou quatro prisões durante a operação Exodontia.

As pessoas foram presas em locais distintos pela prática de exercício ilegal da profissão, umas, por não terem diploma, nem cadastro no CRO e atuarem como técnico em prótese dentária; outras, por terem diploma de auxiliar de técnico de prótese e atuarem como o próprio técnico. Os quatro presos foram conduzidos ao Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (CIOSP) no Pacoval, onde foram realizados os termos circunstanciados que serão encaminhados à justiça para que cada uma responda pelo crime que cometeu.

Alguns locais foram autuados por ilícito administrativo e interditados por não apresentarem higiene ou estrutura adequada, bem como por utilizarem produtos e medicamentos com prazo de validade vencido. Foram apreendidos objetos, cartões de visita, maquinário, instrumentos e matéria prima.

A operação Exodontia foi deflagrada na quarta-feira, 23, numa ação conjunta da Delegacia de Crimes contra o Consumidor (DECCON), do Instituto de Defesa do Consumidor do Amapá (PROCON/AP), do Conselho Regional de Odontologia (CRO) e da Vigilância Sanitária Municipal de Macapá.

A operação, que foi encerrada na quinta-feira, 24, teve o objetivo de fiscalizar os locais que oferecem serviços odontológicos à população. Ao todo, 10 clínicas odontológicas foram fiscalizadas em Macapá e Santana.

De acordo com o Delegado Fábio Araújo, que atuou a frente da operação junto com a Equipe da Captura, “a Polícia Civil atuou para resguardar a segurança de todos e nos casos em que foi verificada a ocorrência de crimes”.IMAGENS RELACIONADAS

+ Notícias mais lidas