Polícia Federal combate pornografia infantil no Amapá

0
371

Macapá/AP – A Polícia Federal deflagrou, na manhã desta quinta-feira (10), as
Operações Ibejis* e Coliseu*, que visam combater a produção, armazenamento
e compartilhamento na internet de imagens e vídeos de exploração sexual de
crianças e adolescentes, no Amapá.
Foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão, nos bairros Marco
Zero, Congós, Jesus de Nazaré e Marabaixo IV, nesta capital.
Segundo as investigações, fruto de um trabalho da Cooperação Internacional da
INTERPOL em Roma, na Itália, com a Divisão de Repressão a Crimes
Cibernéticos da Polícia Federal, identificou-se usuários no estado do Amapá que
armazenavam e compartilhavam imagens de pornografia infantil em grupos
transnacionais de aplicativos de mensagens na internet.
Durante as buscas, foi preso em flagrante um homem, de 42 anos, por posse
ilegal de arma de fogo e munição, e apreendidos a arma de fogo e munições,
além de celulares e mídias de armazenamento. O preso foi conduzido à Polícia
Federal e ficará à disposição da Justiça.
Os investigados poderão responder, na medida de suas responsabilidades, pelos
crimes de compartilhamento e armazenamento de fotos/vídeos de pornografia
infantil. Se condenados poderão cumprir pena de até 10 anos de reclusão.
*IBEJIS: o nome da Operação faz referência à divindade IBEJI, que no candomblé é protetor das crianças e
simboliza o nascimento da vida.
*COLISEU: o nome da Operação faz referência à cidade de Roma, dando ênfase à cooperação internacional
estabelecida com a Interpol da referida cidade.
Comunicação Social da Polícia Federal no Amapá