Polícia Militar prende um homem, 20 anos, e apreendeu um adolescente, 17 anos, por roubo

0
400
A Polícia Militar prendeu, na noite da última sexta-feira, 11, no Setor Vila Ribeiro em Araguaína. Com os suspeitos foram localizados cinco smartphones, duas armas de fogo, uma bolsa feminina e uma motocicleta Yamaha/Factor de cor vermelha.
Após denúncia via SIOP – Sistema Integrado de Operações, a equipe de policiais militares deslocou ao endereço supracitado, onde de acordo com a vítima, ela estava saindo da residência de sua sobrinha quando foi abordada por dois indivíduos: um homem de 20 anos e um adolescente de 17 anos, em uma motocicleta Yamaha/Factor de cor vermelha, que de posse de uma arma de fogo subtraíram um smartphone da mesma e após a ação os acusados tomaram rumo ignorado.
Posteriormente, durante patrulhamento pelo setor, a equipe da Força Tática Motos avistou dois indivíduos com características semelhantes as repassadas pela vítima, caminhando na via, momento em que um dos suspeitos, o adolescente, 17 anos, empreendeu fuga e deixou um smartphone de cor dourada cair e o homem de 20 anos não conseguiu fugir. Em seguida foi realizada busca pessoal no segundo suspeito e foi localizado um smartphone de cor preta.
Ao ser questionado sobre os roubos, o suspeito confessou a autoria e que também havia escondido uma motocicleta no Loteamento Rui Cazarotto. Com apoio de outra guarnição e da ROTAM, o veículo foi localizado e juntamente com ele, um capacete e um simulacro de arma de fogo. Ao ser consultado no sistema foi constatado que o mesmo era produto de um furto ocorrido no dia primeiro de dezembro do corrente ano.
A equipe da ROTAM deslocou até uma chácara, onde de acordo com os suspeitos estavam guardados os produtos de roubo. Ao chegar no local, os policiais militares localizaram uma arma de fogo de fabricação caseira dentro de uma bolsa feminina e cinco aparelhos celulares. O primeiro suspeito, um adolescente de 17 anos, foi localizado em sua residência logo em seguida.
O homem, o adolescente, a motocicleta, as armas de fogo e os cinco aparelhos celulares foram conduzidos à Central de Flagrantes para os procedimentos legais.