PREFEITO CLÉCIO LANÇA OBRAS DO QUARTO RESIDENCIAL EM CINCO ANOS – Correio Amapaense

PREFEITO CLÉCIO LANÇA OBRAS DO QUARTO RESIDENCIAL EM CINCO ANOS

O prefeito Clécio Luís lançou nesta segunda-feira, 16, o quarto residencial em cinco anos de gestão. O novo empreendimento será construído no distrito de Fazendinha, localizado na rodovia Juscelino Kubitschek. Participaram da cerimônia de lançamento das obras do empreendimento os vereadores Diogo Sênior, Bruna Guimaraes, Patriciana Guimaraes, Caetano Bentes, Antônio Grilo, Raifran Beirão, Rinaldo Martins e professor Rodrigo; o deputado estadual Paulo Lemos, os senadores Davi Alcolumbre e Randolfe Rodrigues; e representantes da Caixa Econômica Federal.

João Tavares, responsável pela empresa Nazaré, que construirá o residencial, afirmou que toda mão de obra utilizada no empreendimento será do estado e, principalmente, de Fazendinha. “O residencial terá áreas de convivência que irão beneficiar os moradores do habitacional como também de todo o distrito”, disse. Nesta primeira etapa, serão construídos 14 blocos de prédios com 16 apartamentos cada, totalizando 224 unidades habitacionais, em uma área de 14.691,60 m². Ao final das etapas, terá um total de 500 unidades habitacionais.

 

O senador Davi Alcolumbre destacou que outras gestões não tiveram esse olhar cuidadoso com a pessoas, com o intuito de dar moradia digna. “Esse é o fruto do nosso trabalho. Este ano, 70 mil habitações serão disponibilizadas pelo Governo Federal. Conseguimos 500 e estamos lutando para que mais mil sejam liberadas”, informou. A primeira etapa está orçada em R$ 17.920.00,00 e empregará 100 trabalhadores diretos e, estima-se, mais de 20 postos de trabalhos indiretos. O prazo de conclusão é de 24 meses.

Randolfe Rodrigues lembrou que o governo do prefeito Clécio está lançando o quarto residencial em cinco anos. “Sei que ainda não foi resolvido esse problema em nossa cidade, mas tenho certeza que foi reduzido pela metade o déficit habitacional na capital. É importante falar desses resultados porque na semana passada saiu uma pesquisa que mostra que somos o quarto país mais desigual do mundo”, destacou.

 

Desde 2013, a Prefeitura de Macapá vem mudando a realidade na vida de muita gente. De lá para cá, foi inaugurado o residencial Mestre Oscar Santos, na zona norte, que garantiu dias melhores para 528 famílias, era o começo de uma nova história na política habitacional do município. Com infraestrutura externa, pavimentação asfáltica, drenagem e sistemas de abastecimento de água, esgotamento sanitário, rede de energia elétrica e equipamentos sociais, foi entregue mais 1.440 apartamentos do Residencial São José, na zona sul da cidade. Logo em seguida, mais 1.500 famílias foram contempladas no Residencial Jardim Açucena, na zona sul, totalizando 3.500 casas populares entregues em cinco anos de mandato. Com o Residencial Janary Nunes, Macapá chegará a marca de 4.000 unidades habitacionais entregues na gestão do prefeito Clécio.

 

O chefe do Executivo municipal destacou a importância de obras como essa devido ao déficit habitacional em Macapá. “Neste local, serão construídas 500 unidades habitacionais, mas já estamos com três locais preparados para inscrever Macapá nessa nova leva de editais do Minha Casa, Minha Vida. A diferença desse habitacional dos demais é que terá varanda, porque isso representará muito mais qualidade na moradia dessas pessoas”, afirmou.

 

Estrutura 

 

Os apartamentos terão 42,41 m², com dois quartos, um banheiro, cozinha, área de serviço, sala de estar e jantar conjugadas, e a grande novidade que dará um ar muito especial para este residencial é que todos os apartamentos contarão com uma sacada.

 

Adryany Magalhães 

About the author

Related

JOIN THE DISCUSSION