PREFEITURA DE MACAPÁ TEM 50 PROFISSIONAIS DA LINHA DE FRENTE COM CASOS CONFIRMADOS DE CORONAVÍRUS – Correio Amapaense

PREFEITURA DE MACAPÁ TEM 50 PROFISSIONAIS DA LINHA DE FRENTE COM CASOS CONFIRMADOS DE CORONAVÍRUS

 

A Vigilância Epidemiológica de Macapá contabilizou até sexta-feira, 24 de abril, 50 profissionais da linha de frente contra a Covid-19 da Prefeitura de Macapá com casos confirmados da doença. São servidores que estavam no atendimento direto da população nas áreas da Saúde, Guarda Municipal, Assistência Social e fiscalização.

Outros 21 profissionais dessas secretarias estão com suspeita de Coronavírus. Os dados de casos confirmados incluem médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem, guardas, assistente social e secretários. Estão confirmados com a doença 47 servidores da Saúde, sendo 17 do sexo masculino e 30 do sexo feminino; 2 da Guarda Municipal e 1 caso na Assistência Social.

 

Dentre os servidores infectados e curados estão o secretário de Saúde, Eldren Lage e a ex-secretária de Saúde e assessora técnica, Silvana Vedovelli. Como estão na linha de frente e tiveram contado com um paciente infectado, os mesmos realizaram o teste rápido no dia 22 de abril apresentando IGM negativo e IGG positivo, o que caracteriza infecção tardia, podendo-se afirmar, então, que já tiveram contato com o vírus sem ter desenvolvido a doença e de forma assintomática.

 

Desde o início da epidemia, os gestores vêm mantendo o distanciamento entre as pessoas no trabalho, utilização de máscaras, higienização frequentemente das mãos, janelas abertas e ambientes limpos e arejados, e, mesmo assintomáticos, mantêm os mesmos cuidados.

 

O comandante da Guarda Civil Municipal, Charles Rui Secco, foi afastado e internado, desde o início da semana, com todos os sintomas característicos do Covid-19, como febre, tosse e falta de ar. No entanto, o teste rápido e o de escarro (PCR), que saiu neste sábado, 25 de abril, deram o resultado negativo para o Coronavírus. No momento, o comandante continua internado em um hospital particular, na Unidade de Terapia Intensiva, e vem reagindo bem ao tratamento.

 

 

Cássia Lima

About the author

Related

JOIN THE DISCUSSION