Prefeitura inicia edição 2018 do Projeto Japiim nas escolas Esforço Popular e José Leoves

0
1

 

O lançamento do projeto Japiim, realizado pela Prefeitura de Macapá, reuniu na Escola José Leoves pais, alunos e coordenação que irão participar das oficinas para apresentar as professoras e o material didático que será utilizado nas aulas. Cerca de 250 crianças e adolescentes do 4º e do 5º ano do ensino fundamental estão inscritas nos cursos, e ainda muitas outras aguardam na lista de espera.

 

A iniciativa, que está em sua 10ª edição, vem conquistando a cada ano o interesse dos alunos e pais. Este ano ocorrerá nas escolas Esforço Popular, no bairro Muca, zona sul; e na Escola José Leoves, no bairro Renascer, zona norte da cidade. “O projeto é um sucesso, contamos com o empenho dos professores, da colaboração das escolas e com a participação dos pais. Conhecer uma nova língua, aperfeiçoar a produção textual e agora poder se comunicar em Libras é uma alegria para nós, educadores, poder proporcionar isso para nossos alunos. Conhecimento é sempre muito importante”, destacou a subsecretária Francisca Oliveira.

 

O projeto é coordenado pela Divisão de Recursos Didáticos (Dired) e oferece gratuitamente oficinas de línguas portuguesa, francesa, inglesa e espanhola. Este ano, traz a novidade da Língua Brasileira de Sinais (Libras) para crianças e adolescentes de 9 a 13 anos de idade, que são alunos das escolas, onde acontecerá o projeto e daquelas que moram mesmo bairro ou adjacentes das instituições.

 

Para Denilson Ferreira, pai de dois alunos da Escola José Leoves, o projeto é uma oportunidade de conhecimento e importante para a educação das crianças.  “Tudo que podemos acrescentar de valores para nossos filhos faremos. Vejo esse trabalho como agregador. Hoje estamos aqui, num sábado, mostrando que participamos da vida escolar de nossos filhos. Não sou daqui da cidade e não tinha visto ainda projetos como esse, sendo desenvolvido em escolas públicas e ainda mais com toda essa dedicação da parte do ensino”, ressaltou.

 

Lenda do Japiim

 

Em apresentação do grupo de Contadores de Histórias da Secretaria Municipal de Educação (Semed), a lenda do Japiim diz que o deus Tupã puniu o pássaro por desdenhar do canto dos outros pássaros, assim fazendo com que a ave de cores preta e amarela, conhecido nas regiões Norte e Centro-Oeste do Brasil, passasse a imitar o canto de outras aves como araras, periquitos, tucanos e ainda de certos mamíferos como a ariranha.

 

Pérola Pedrosa

Deixar uma resposta

Por favor, inscreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui