Primeiro James Bond da história, Sean Connery morre aos 90 anos

0
253
Sean Connery February 1995

De acordo com informações da imprensa britânica, o ator já não estava bem há algum tempo

EFE/EPA/PETER FOLEYCom mais de 50 anos e 94 papéis, Sean Connery foi premiado muitas vezes — incluindo com um Oscar

O ator escocês Sean Connery morreu, aos 90 anos, na madrugada deste sábado, 31, enquanto dormia. Ele estava nas Bahamas, onde morava há duas décadas, e a informação foi confirmada pela família. Connery é conhecido por interpretar o primeiro James Bond, agente secreto da franquia 007, em sete dos mais de 20 filmes. De acordo com informações da imprensa britânica, ele já não estava bem há algum tempo. Com mais de 50 anos e 94 papéis, Sean Connery foi premiado muitas vezes — incluindo um Oscar, dois prêmios Bafta e três Globos de Ouro. Além de 007, o ator atuou em filmes como Indiana Jones, Os Intocáveis, A Rocha e A Caçada ao Outubro Vermelho. Em julho de 2000, Sean Connery foi condecorado pela rainha Elizabeth II. Na ocasião, ele recebeu o título de cavaleiro.

O astro fez sua última aparição no cinema em “A Liga Extraordinária”, filme lançado em 2003. A última aparição de Connery foi em uma fotografia publicada pela nora – a cantora irlandesa Fiona Ufton, mulher de Jason Connery -, para celebrar o aniversário de 89 anos do sogro, em agosto do ano passado. O ator interpretou James Bond nos filmes “O Satânico Dr. No” (1962), “Moscou Contra 007” (1963), “007 Contra Goldfinger” (1964), “007 Contra a Chantagem Atômica” (1965), “Com 007 Só Se Vive Duas Vezes” (1967), “007 – Os Diamantes São Eternos” (1971) e “007 – Nunca mais outra vez” (1983).

“007 – Os Diamantes São Eternos” marcou o retorno do ator, após ter deixado a franquia por causa das críticas do público. Seu sucessor nos filmes do agente secreto, o australiano George Lazenby, também foi muito criticado. Por essa obra de retorno, Connery se tornou o ator mais bem pago para fazer um único filme. O valor que recebeu, que hoje equivaleria a cerca de US$ 40 milhões (R$ 230,8 milhões), foi totalmente doado à fundação beneficente criada por ele, que apoia a educação de crianças cujas famílias têm poucos recursos financeiros.

Anos depois, em 1983, retornou novamente para a saga, dessa vez, para “007 – Nunca Mais Outra Vez”, que acabou sendo a última vez em que interpretou James Bond na carreira nos cinemas. Em 2005, foi lançado o jogo “007: From Russia with Love”, em que Connery dubla o espião. O auge aconteceu após o lançamento de “Os Intocáveis”, em 1987, dirigido por Brian De Palma, em que deu vida a Jim Malone. A participação rendeu o Oscar de melhor ator. Entre outros clássicos que teve Connery no elenco, estão “Assassinato no Expresso Oriente”, “O Nome da Rosa”, “Indiana Jones e a Última Cruzada”, entre outros. O último trabalho foi a animação “Sir Billi”, em 2012, em que dublou o protagonista.

*Com informações da EFE