Professor mobiliza equipe de ciclismo para doar sangue no Hemoap – Correio Amapaense

Professor mobiliza equipe de ciclismo para doar sangue no Hemoap

Para cada doação de sangue arrecadada pelo Hemoap, o professor percorrerá 5km em uma trilha ciclística.

 

 Foto: André Rodrigues
No primeiro dia de campanha, Hélio conseguiu quatro doadores e já acumula 20km para sua jornada

O Instituto de Hematologia e Hemoterapia do Amapá (Hemoap) precisa, em média, de 100 bolsas de sangue diárias para abastecer todos os estoques do instituto e atender as demandas de transfusões no Estado. Por isso, promove campanhas de motivação que atraiam o maior número possível de doadores voluntários com o objetivo de salvar vidas.

Para aumentar o estoque de sangue do instituto, o professor de educação física, Hélio Araújo, entrou em contato com o Hemoap e firmou uma parceria através da campanha “sangue bom tem que circular”, na qual desafiou sua equipe de ciclismo, composta por 60 atletas, além de outras pessoas que desejam torna-se um doador. A cada bolsa de sangue recebida, Hélio percorrerá 5km em uma trilha ciclística que fará no dia 3 de agosto.

“Sempre vejo na mídia o quanto o Hemoap precisa de doadores para manter o seu estoque abastecido, por esse motivo, resolvi lançar esse desafio em prol da vida de pessoas que precisam dessas transfusões, principalmente no mês das férias, em que ocorre uma demanda maior do que em outros meses do ano. Essa é uma forma de agradecer a todos os doadores, e se conseguirmos muitas doações, pretendo pedalar até a Guiana Francesa”, ressalta Hélio.

Hélio tem 41 anos de idade e pratica ciclismo há 28 anos. Desde 2011 lidera o grupo ciclístico chamado Equipe de Trilha do Amapá, e, pela primeira vez, realiza uma campanha solidária de doação de sangue. “Essa é a primeira vez que também doo sangue, além disso, espero me tornar um doador frequente. E, através desse ato, estimular outras equipes a serem mais solidários”, explica o professor.

Nesta quarta-feira, 20, Hélio acumulou 20km para sua jornada, mas, no decorrer da campanha, pretende arrecadar no mínimo 100 bolsas de sangue para o Hemoap, e assim, percorrer 500km ou mais. Além dos ciclistas, qualquer pessoa interessada pode doar sangue em nome da campanha, basta informar na recepção do Hemoap o código 161 e fazer a doação até o dia 19 de julho.

De acordo com a assistente social do Hemoap, Natália Patrícia Mendonça, essa iniciativa reforça a campanha “você foi convocado para salvar vidas”, que tem o intuito de conscientizar a população a doar sangue no período da Copa do Mundo de Futebol. “Essas ações só tendem a somar com a Hemoap, pois todo tempo promovemos campanhas de conscientização para os doadores. A doação de sangue não pode parar e precisamos de pessoas que abracem essa causa”, declara Natália.

O horário de funcionamento do Hemoap para doação de sangue é de 7h30 as 12h. Na sexta-feira, 22, quando ocorrerá o jogo da seleção, o Instituto funcionará normalmente.

GALERIA DE FOTOS
NOTÍCIAS RELACIONADAS

About the author

Related