Professores da Guiana Francesa, participarão de curso de português em parceria com o Amapá

0
2

O evento é uma formação em imersão linguística e cultural destinada a 25 professores que atuam no ensino da língua portuguesa na Guiana Francesa. Além deles, participarão como ouvintes 25 professores de francês ou português da rede estadual.  A formação acontecerá na Escola de Administração Pública, de 8h as 12h e das 14h às 18h.

A abertura do estágio amazônico será na terça-feira, 20, às 8h30, no Salão Nobre do Palácio do Setentrião. Na oportunidade, será feita a renovação da assinatura do “Protocolo de Acordo entre a Secretaria da Educação do Estado do Amapá e a Académie de la Guyane”,  que representa o interesse recíproco das instituições em  fornecer formação, intercâmbios de práticas pedagógicas e reflexão linguística aos professores de francês da rede pública escolar do Amapá em interação com os professores nativos da língua francesa.

O estágio amazônico acontece por meio de conferências, mesa redonda, comunicações, oficinas e minicursos, inseridas em quatro eixos temáticos: Políticas Linguísticas, Metodologias de Ensino, História e Literatura do Amapá e Interculturalidade. A capacitação será assegurada por profissionais da rede estadual e federal do Estado.

O evento visa promover o aperfeiçoamento linguístico e pedagógico, assim como a descoberta e o aprofundamento cultural; proporcionar a valorização da interdisciplinaridade, da diversidade cultural e da riqueza linguística, além de fortalecer os laços de cooperação educativa bilateral entre o Amapá e a Guiana Francesa.

Fora as atividades de formação, os professores do território francês irão à Escola Estadual Bilíngue Marly Maria e Souza da Silva e a Escola Estadual José Bonifácio, conhecerão pontos turísticos da capital, visitarão o povoado de Mazagão Velho e terão atividades culturais e recreativas visando à descoberta do contexto amapaense.

São parceiro do II Estágio Amazônico a Universidade Estadual do Amapá (Ueap), Universidade Federal do Amapá (Unifap), Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amapá (Ifap), Centro Estadual de Língua e Cultura Francesa Danielle Mitterrand, Centro Cultural Franco-Amapaense, Associação dos Professores de Francês do Amapá e Instituto de Ensino Superior do Amapá (Iesap)

Deixar uma resposta

Por favor, inscreva seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui